Por decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, o Facebook e a operadora Vivo foram condenados a indenizar uma vítima de golpe no WhatsApp.

A mulher que moveu a ação disse que foi vítima das duas empresas: Do Facebook, que deveria garantir a segurança da plataforma e da Vivo, já que o chip foi clonado, o que permitiu a ação dos golpistas.

publicidade

Ela deve receber 3.344 reais, mesmo valor que disse ter sido perdido pela irmã, que caiu no golpe dos bandidos e fez a transferência bancária.

A vítima chegou a solicitar uma indenização por danos morais, mas o pedido foi negado pelo tribunal.

De qualquer maneira, o caso ilustra bem a importância dos cuidados que se deve ter com os próprios dados, além de prestar muita atenção e confirmar pessoalmente pedidos como o pagamento de contas ou depósitos de dinheiro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!