O recurso de detecção de quedas presente no Apple Watch conseguiu salvar um idoso chamado Dan Pfau, após ele desmaiar. O cenário poderia entrar na longa lista de dispositivos inteligentes ajudando a vida de diversos usuários ao redor do mundo, mas neste caso o smartwatch da empresa da maçã fez isso duas vezes com a mesma pessoa.

O primeiro caso aconteceu com Pfau, aposentado de 70 anos, enquanto ele estava passeando de bicicleta, quando passou por uma lombada e desmaiou. O idoso diz lembrar apenas de acordar dentro da ambulância, mas não recorda de ter ligado para o número de emergência dos Estados Unidos. Quem fez esse trabalho foi o seu Apple Watch.

publicidade

Leia também

Desde o Apple Watch Series 4, lançado em 2018, o relógio inteligente da maçã é capaz de utilizar seus sensores para detectar se o usuário caiu. Como este momento pode registrar um falso positivo, principalmente durante exercícios físicos que envolvem maior impacto, existem alguns recursos para que o sistema operacional do gadget não ligue para o serviço de emergência.

“Se o Apple Watch detectar que você está se movimentando, ele vai esperar você responder ao alerta e não vai ligar automaticamente para os serviços de emergência. Se o Apple Watch detectar que você está imóvel há um minuto, ele fará a ligação automaticamente”, diz a Apple em nota.

Detecção de queda no Apple Watch (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Detecção de queda no Apple Watch (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Apple Watch também comunica contatos próximos

Além de ligar para o número de emergência, é possível configurar alguns contatos importantes para que sejam acionados neste momento. Foi o que aconteceu com Pfau, socorrido e levado ao hospital, onde acabou recebendo alta hospitalar pouco tempo depois.

Agora, alguns anos mais tarde, Pfau foi salvo mais uma vez pelo Apple Watch. Neste novo acidente o aposentado caiu em casa após desmaiar, batendo a cabeça no chão de madeira. O Apple Watch também foi capaz de detectar a queda, mas o idoso acabou tocando na tela e isso fez o recurso ser desativado – o watchOS pensou que estava tudo bem.

Notando que o problema poderia ser ainda maior, Dan Pfau abriu o aplicativo de mensagens e utilizou a ferramenta para transformar voz em texto. Desta forma, o aposentado enviou uma mensagem para sua esposa, que estava em outro andar da casa.

Desta vez, Pfau passou quatro dias internado no hospital e saiu de lá com nove pontos para fechar o local do dano.

Via: Boston Globe.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!