A Microsoft anunciou nesta terça-feira que o Windows 11 vai ser lançado no dia 5 de outubro. O sistema operacional vai ser disponibilizado gratuitamente para PCs com o Windows 10 que tenham o hardware compatível com a tecnologia TPM 2.0.

Essa tecnologia garante protocolos de segurança para biometria e criptografia, por exemplo. Quem tiver máquinas mais antigas, sem a TPM 2.0, também vai poder instalar o windows 11, mas isso não é uma operação simples e pode resultar no dobro de falhas de funcionamento, além da falta de atualizações.

publicidade

De acordo com a fabricante, o novo sistema tem requisitos mínimos, como por exemplo um processador de 1 GHz de 64 bits com dois ou mais núcelos, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e a presença do Chip TPM 1.2.

Mas a Microsoft decidiu facilitar a vida dos usuários, e o Windows Update, recurso que atualiza automaticamente o sistema operacional, vai emitir uma mensagem na área de notificações dizendo se o computador pode receber o novo sistema ou não.

De acordo com a empresa, a atualização vai ser feita em mais de uma fase, e dispositivos que não estiverem usando a versão mais recente do Windows 10 podem receber o Windows 11 um pouco mais tarde.

A expectativa é que todos os dispositivos qualificados para o upgrade recebam a oferta de atualização gratuita até meados de 2022.

Mas quem decidir manter o windows 10 rodando nas máquinas não precisa se preocupar por um bom tempo. A Microsoft vai continuar a dar suporte para esses usuários até o dia 14 de outubro de 2025.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!