Nesta quinta-feira, a China anunciou que, em vez de construir um novo foguete para as futuras missões tripuladas, vai usar um veículo já existente.

De acordo com o projetista-chefe dos foguetes, Long Lehao, é provável que a China atualize e aproveite foguetes Longa Marcha 5. Isso porque o país quer que a missão lunar aconteça em menos de uma década, e fabricar foguetes novos demandam um tempo muito maior.

publicidade

Engenheiros chineses até estão trabalhando em uma espaçonave nova e superpesada chamada Long March-9. Mas provavelmente, ela não vai estar pronta para uso tão cedo.

Com essa decisão de aprimorar e reutilizar foguetes, a China pode ter uma grande vantagem sobre a Nasa na corrida espacial lunar, já que a agência americana ainda está testando o foguete SLS e a espaçonave Orion.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!