Não foi desta vez: o primeiro voo orbital da Firefly Aerospace resultou na explosão do foguete Alpha antes mesmo de ele chegar ao espaço.
Segundo a empresa, o veículo sofreu uma “anomalia fatal”, e começou a girar no céu. Logo depois ocorreu uma enorme explosão, que destruiu totalmente a carga que carregava.

Caso fosse bem-sucedida, a missão seria a entrada da Firefly Aerospace no mercado de voos orbitais. A companhia quer oferecer esse serviço para empresas que tenham interesse em levar satélites ou outros artefatos para o espaço.

publicidade

Apesar da perda, falhas em primeiros voos não são tão raras assim: empresas como Astra, Virgin Orbit e Rocket Lab também falharam em estreias desse tipo de viagem.

Provavelmente, um novo teste de voo orbital vai ser realizado, mas por ora, a empresa não se comprometeu com datas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!