O Instituto Butantan entregou nesta quarta-feira um novo lote com 5 milhões e 100 mil doses da vacina CoronaVac para o Governo Federal.

Com isso, o governo de São Paulo afirma que concluiu antes do prazo o contrato com o Ministério da Saúde, que previa a entrega total de 100 milhões de doses do imunizante até o dia 30 de setembro.

publicidade

O governo paulista leva em conta o lote com 8 milhões de doses da CoronaVac que veio diretamente da China e que foi barrado pela Anvisa por ter sido envasado em uma fábrica que não foi vistoriada pelo órgão.

Mas o Butantan vai substituir esse lote por novas doses. Algumas delas foram encaminhadas hoje para o programa nacional de imunização, e na semana que vem devem chegar mais 5 milhões de doses prontas, produzidas na fábrica da Sinovac que já foi vistoriada pela Anvisa.

A previsão do Butantan é substituir todas as doses interditadas até o dia 29 de setembro.

O governo do estado ainda divulgou que ultrapassou a meta de vacinação de idosos acima de 60 anos. Atualmente, 7 milhões e 300 mil pessoas nessa faixa de idade estão totalmente protegidos contra a Covid-19.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!