A nave espacial Starliner, projetada pela Boeing por encomenda da Nasa, teve o segundo teste de voo novamente adiado. Problemas técnicos ainda sem solução tem atrapalhado os planos da empresa, que pretendia fazer um lançamento orbital no último dia 30 de julho.

O motivo do adiamento ainda é o mesmo: a Boeing identificou defeitos em 13 válvulas no módulo de serviço da Starliner, que deveriam ser móveis, mas que ficam travadas em uma só posição.

publicidade

O primeiro teste de voo, em dezembro de 2019, não teve sucesso: o veículo espacial apresentou vários problemas de software, e só alcançou uma altura de baixa órbita por aproximadamente dois dias antes de cair no oceano.

A nova missão é chamada de “OFT2”, sigla em inglês para “Teste de Voo Orbital 2”, e segundo a Nasa, só deve ocorrer no ano que vem.

O Starliner é uma das duas naves selecionadas pela Nasa para o Programa de Tripulações Comerciais, um projeto que contrata empresas privadas para levar e trazer astronautas da Estação Espacial Internacional. A outra é a da SpaceX, que já realizou dois voos com sucesso, com um terceiro agendado para outubro deste ano…

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!