A Valve está desenvolvendo um headset VR independente com o codinome Valve Deckard, é o que mostram referências no código do SteamVR, descobertas pelo youtuber Brad Lynch, que fez uma comparação do que encontrou com as últimas patentes da empresa.

Além da homenagem a Rick Deckard do clássico Blade Runner e de Blade Runner 2049 no nome provisório do produto, o novo headset seguirá os passos do headset Oculus Quest, e teria um processador próprio para funcionar de forma totalmente independente. Essa é uma grande mudança para a Valve, já que o Valve Index original funciona conectado a um PC.

publicidade

Código do SteamVR cita três protótipos do Valve Deckard

No vídeo, que você pode ver abaixo, vemos toda a explicação de Brad, incluindo a citação a três protótipos do Valve Deckard, que infelizmente não deve manter esse nome se for realmente lançado, e deve se chamar Valve Index 2 ou algo assim. Nos comentários do vídeo, ele diz que encontrou ainda mais informações, que vai divulgar em uma live na próxima sexta.

As descobertas dele foram confirmadas por algumas fontes do Ars Technica, e o The Verge também aposta que o produto chegará mesmo ao mercado, assim tudo indica que a Valve realmente vá mudar de estratégia com o possível Valve Deckard ou Valve Index 2.

Caso ele realmente chegue ao mercado, o novo headset da Valve terá seus próprios controles, mas não precisará de um dos acessórios do Valve Index, a estação base, já que todo o processamento será feito no próprio headset.

Leia mais:

Motivos e razões para o lançamento de um headset VR independente

Faz todo o sentido a Valve lançar um headset VR independente, por mais radical que isso soe para usuários do Valve Index. Recentemente, a empresa lançou o Steam Deck, um console portátil para jogos de PC, o lançamento de um headset VR portátil e independente como o Valve Deckard também se encaixaria no conceito de permitir que o gamer jogue no lugar e na hora que quiser.

Já assistiu aos novos vídeos noYouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!