Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra uma pessoa vandalizando a lataria do ônibus espacial russo da série Buran, conhecido como Ptichka ou Burya.

Essa é a mesma relíquia que está no centro de uma disputa de posse entre a Rússia e o cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

publicidade

Nas imagens, é possível ver o vândalo pintando boa parte da lateral direita do veículo. A situação aconteceu em abril, e, segundo a agência de notícias RIA Novosti, o ônibus espacial já foi pintado.

Isso joga mais lenha na fogueira da briga entre as autoridades russas, que querem repatriar, restaurar e expor o modelo em um museu, e o proprietário do espaçoporto cazaque, Dauren Musa, que garante ser o legítimo dono do protótipo.

Musa declarou que está disposto a negociar Burya com a Rússia, mas em troca quer o crânio do último Khan cazaque, Kenesary Kasymov, considerado herói no país por ter liderado uma rebelião contra as tentativas do Império Russo de colonizar a região na década de 1840… Só que ninguém tem ideia de onde pode estar o tal crânio.

Mas o video do pichador deixa bem claro que as naves não estão totalmente seguras no Cazaquistão. Tomara que isso não crie um incidente internacional!!

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!