Uma nova versão do Mekotio, um trojan bancário responsável por uma série de fraudes digitais em 2015, está à ativa na internet outra vez, e causando estragos.

Nos últimos três meses, cerca de 100 ataques cibernéticos utilizando o malware foram detectados por pesquisadores, que encontraram o golpe distribuído em campanhas de phishing, com e-mails maliciosos.

publicidade

A nova versão do vírus foi descoberta em junho deste ano na Espanha, e as autoridades locais estimaram um prejuízo de 3 bilhões e meio de euros.

Especialistas de segurança digital acreditam que a célula principal da ação criminosa esteja localizada no Brasil, já que, no código, é possível observar termos, gírias e até palavrões em português.

Uma análise da Kaspersky aponta que o Mekotio faz parte de uma das quatro maiores famílias de trojans bancários feitos no Brasil e que atingiram popularidade no exterior. A complexidade destes programas fez com que o nosso país entrasse na rota de exportação de malwares para o exterior.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!