Apresentado como “o primeiro modelo 100% elétrico do Brasil que custa o mesmo que os seus concorrentes a gasolina”, o sedan e-J7 já está em pré-venda em todas as concessionárias JAC Motors do país. Custando a partir de R$ 259.900 (valor abaixo do sedã de luxo BMW Série 3 a gasolina), o veículo tem suas primeiras entregas previstas para começar em março do ano que vem.

veículo elétrico em azul
Imagem: Divulgação/JAC Motors

Pesando 1.650 kg e medindo 4,76 x 1,82 x 1,49 metros, o e-J7 surge com a premissa de ser um rival de modelos como o Audi A5 Sportback, o BMW 320i GP e o Honda Accord Hybrid. Sua distância entre eixos é de 2,76 metros, sendo dotado de um porta-malas com capacidade de 520 litros.

publicidade

Um elétrico com arrancada potente

Segundo Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil, o e-J7 “tem o mesmo porte dos principais modelos premium do mercado, mas é mais rápido nas arrancadas do que todos eles”. As informações são de que o sedan possui um sprint 0-100 km/h em 6,4 segundos, com o veículo alcançando uma velocidade máxima de 150 km/h.

dois sedans da JAC Motors
Imagem: Divulgação/JAC Motors

Sua autonomia é de 402 km, o que coloca o e-J7 na média dos demais concorrentes, de acordo com Habib. A bateria de 50,1 kWh alimenta um motor elétrico que fornece ao novo sedan da JAC 192 cv de potência e 34,6 kgfm de torque. A empresa também destaca que o custo do consumo de energia elétrica do e-J7 é de apenas R$ 8,00 a cada 100 km (16 kWh para 100 km).

Por dentro, além de um teto solar, o motorista encontra um painel de instrumentos digital, além de uma tela de 10,4 polegadas com sistema de informação e entretenimento. Há integração com Android Auto e com Apple CarPlay, além de diversos controles de bordo.

parte interna do e-J7
Imagem: Divulgação/JAC Motors

A linha iEV da JAC, na qual o e-J7 se encontra, também oferece ao seu condutor o exclusivo i-Pedal, um sistema inteligente que privilegia a autonomia do veículo. Quando o motorista tira o pé do acelerador, o motor elétrico se transforma em gerador e recarrega a bateria.

Desenvolvido pela JAC na China, em parceria com a Volkswagen, o carro é derivado do J7 (sucessor do J5, que é vendido por aqui) e foi o primeiro automóvel lançado pela JAC após iniciar parceria com a montadora alemã, que agora é sua proprietária. O e-J7 é conhecido como Si Hao E50A pelas estradas chinesas, ou como IC5. Aqui no Brasil, o sedan elétrico será comercializado em versão única.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.