A Capcom anunciou o cancelamento da Capcom Cup VIII no formato presencial devido ao avanço da variante da Covid-19 Ômicron. O evento, que iria acontecer em fevereiro deste ano nos Estados Unidos, realizaria a competição internacional do Street Fighter V, no qual 32 jogadores já estão classificados para disputar o Mundial da modalidade.

“Com o número crescente de casos de Covid-19 e a variante Õmicron causando incertezas e complicações globalmente, a Capcom se encontra novamente na difícil posição de ter de cancelar a Capcom Cup. A equipe não chegou a essa decisão tranquilamente, pois sabemos o que a Capcom Cup significa para a comunidade e para os jogadores que treinaram tanto para se classificarem. A equipe inteira de esports pede sinceras desculpas. Saibam que compartilhamos das suas frustrações, já que queríamos o retorno deste evento de uma maneira grandiosa, mas a saúde e a segurança dos jogadores e de todos os envolvidos são a nossa maior prioridade”, comunicou a Capcom via Twitter oficial.

publicidade

Como opção, a empresa informou que irá realizar, pelo segundo ano consecutivo, o campeonato no formato on-line. Representando o Brasil, a competição conta apenas com Ronaldo ou ‘RonaldinhoBR’ como classificado, já que, após denúncias de estupro coletivo, o jogador Robson, mais conhecido como Robinho, foi banido permanentemente da competição.

Leia mais!

Outros cancelamentos no mundo gamer devido ao avanço da Covid-19

Recentemente, a Entertainment Software Association (ESA), grupo comercial liderado pelos editores da indústria de jogos, cancelou a E3 2022 (Electronic Entertainment Expo) no formato presencial também por causa da Ômicron. A companhia havia anunciado o retorno do evento de forma física em abril de 2021, contudo, ao portal GamesBeat, a empresa confirmou o cancelamento e falou sobre a possibilidade de permanecer na versão on-line. Confira a matéria completa aqui.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!