Em março deste ano o YouTube anunciou que estava proibida a publicação de conteúdo mentiroso sobre as eleições presidenciais de 2018. A plataforma informou que quaisquer vídeos que contivessem informações falsas sobre a disputa eleitoral seriam retirados do ar.  

Com base nesta decisão, o YouTube decidiu na última quarta-feira (13), retirar um vídeo do canal do presidente Jair Bolsonaro (PL) em que ele aponta a existência de uma possível fraude nas eleições de 2018, mas sem apresentar nenhuma prova sobre o acontecido.  

publicidade

Leia também!

O vídeo retirado do ar foi publicado em 12 de agosto de 2021 e mostrava uma entrevista de Bolsonaro à uma rádio. O presidente questiona o processo eleitoral e afirma que possa ter acontecido uma suposta atuação de hackers para “desviar votos”. Na ocasião, o próprio Bolsonaro afirmar que não possuía provas. 

A gravação ainda pode ser acessada no perfil do Facebook do presidente, mas ao tentar abrir a publicação no YouTube é exibida a mensagem que o conteúdo foi deletado “por violar as diretrizes da comunidade”.  

O YouTube informou que trabalha em um novo conjunto de políticas para aumentar a visibilidade de conteúdo confiável e para diminuir a disseminação de fake news, as famosas notícias falsas, enquanto fomenta o debate político.

Presidente Jair Bolsonaro
YouTube exclui vídeo de Bolsonaro sobre eleição de 2018. Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Todos os conteúdos no YouTube precisam seguir nossas Diretrizes de Comunidade. Além de uma combinação de inteligência de máquina e revisores humanos, também contamos com denúncias de usuários para identificar materiais com conteúdo suspeito e manter a comunidade da plataforma segura”, disse a empresa. 

Via: G1

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!