Uma mensagem para o inferno. Assim está o clima dentro do Facebook sob a obsessão de Mark Zuckerberg a exigir tanto foco no projeto ao ponto de ser um dos únicos assuntos que são pronunciados pelo fundador da rede social.

A situação está tão evidente e até cruel que levou vários funcionários, inclusive do alto escalão, pessoas que trabalham ao lado de Zuckerberg, a se sentirem frustradas, opinião compartilhada por ex-colaboradores.

publicidade

“É a única coisa que Mark quer falar”, disse um ex-funcionário de nível de diretoria que saiu recentemente da empresa. 

Equipes específicas e prioritárias 

A construção do metaverso é o principal objetivo do momento e o mote dentro da companhia é que o Facebook está enviando uma mensagem para o inferno do novo foco, criando equipes específicas e até uma que alcançará todos os grupos da empresa. 

A ideia é desenvolver um manual do metaverso, tipo uma política interna da empresa, com profissionais para criar, informar e manter a prática da realidade virtual como uma nova premissa de comportamento e atividades. 

No entanto, muitos funcionários estão confusos e até ansiosos por conta da falta de transparência, o que vem causando também uma desorganização. 

“As pessoas realmente parecem não saber o que entregar ou no que trabalhar porque ainda não há uma estratégia coerente”, informou um funcionário do Face. 

Período de definição 

Em nota, um porta-voz do Facebook informou que a empresa está “passando por um período de definição, estudando para onde está indo com tudo”. “Muitas pessoas estão animadas, mas têm muitas perguntas ao mesmo tempo”, acrescentou o porta-voz.

Após mudar de nome para Meta, o Facebook chegou a perder US$ 10 bilhões no ano passado no segmento Reality Labs, que atua com projetos de metaverso. 

Quantia que deverá ser superada pelos investimentos previstos por Mark no metaverso, com gastos altos para este e os próximos anos. 

mark facebook metaverso
Mark Zuckerberg mostrando seu avatar ‘metaverso’ durante o Connect 2021. Imagem: Facebook

Leia mais:

Projeto a longo prazo

Zuckerberg disse que o metaverso é um projeto a longo prazo e que não será totalmente desenvolvido por uma década ou mais. Até agora, há pouco a mostrar para tanto dinheiro gasto, de acordo com outro funcionário que saiu recentemente.

“Ainda não há muito para tocar ou ver, muito menos usar”, disse a pessoa, “para todas as suas proclamações do metaverso”. Ou seja, ainda há muito o que se ver pela frente. 

Via: Insider 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!