Ciência e Espaço

Novo método de detecção pode fornecer aviso prévio de tsunamis

13/05/22 08h00, atualizada em 13/05/22 12h36
Onda grande reproduzida em ilustração com o sol da tarde ao fundo

Imagem: Willyam Bradberry/Shutterstock

Um novo método de detecção pode ser a solução de aviso prévio de tsunamis. O mapeamento de mega terremotos capta as ondas de gravidade que são geradas através de modelos criados no Laboratório Nacional de Los Alamos, no México, pode estimar a magnitude do terremoto em tempo real e ainda fornecer alertas antecipados de tsunamis.

“Nosso modelo desbloqueia a estimativa em tempo real da magnitude do terremoto, usando dados rotineiramente tratados como ruído, e pode ser imediatamente transformador para o alerta precoce de tsunami”, explicou Bertrand Rouet-Leduc, cientista do grupo de geofísica de Los Alamos.

A estimativa de magnitude rápida e confiável para grandes terremotos é importante para diminuir o risco associado a fortes tremores e tsunamis. Isso porque os sistemas existentes de alerta precoce baseados em ondas sísmicas não podem estimar rapidamente o tamanho de grandes terremotos.

Além disso, os sistemas contam com a estimativa da magnitude do terremoto relacionado diretamente com o tremor que ele produz. Sendo assim, não conseguem distinguir entre terremotos de magnitude 8 e magnitude 9, mesmo que o último seja 30 vezes mais energético e destrutivo.

Imagem: Pavel Kapysh – Shutterstock

Uma nova pesquisa, publicada em maio pela Nature, contou que uma equipe de pesquisa descobriu que uma onda de gravidade também pode ser usada para alerta precoce de terremoto. Diferente do aviso prévio baseado em sísmica, o aviso prévio baseado em gravidade não satura com magnitude, ou seja, significa que o aviso prévio de terremoto baseado em gravidade pode distinguir imediatamente entre terremotos de magnitude 8 e 9.

Outras abordagens dependem do GPS para conseguir estimar a grandiosidade do terremoto. Sendo que por mais que forneça estimativas melhores, também está sujeita a incertezas. Já abordagem de Sinais de Elasto-Gravidade Prompt à velocidade da luz foi recentemente revelada e aumentou as esperanças de superar esse desafio, mas até agora nunca havia sido testada para alerta precoce de terremoto. A técnica para detecção fica ainda mais precisa para terremotos maiores.

Leia mais:

A equipe de pesquisa mostrou que a descoberta pode ser utilizada em tempo real para rastrear o crescimento e a magnitude do terremoto imediatamente. O modelo junto com dados em tempo real seria capaz de alertar as comunidades mais cedo se há algum perigo por perto, como um mega terremoto grande o suficiente para criar um tsunami que colocará em risco as populações nas costas.

Fonte: Phys

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags