Não dá para negar que WhatsApp ocupa a posição de aplicativo preferido dos brasileiros quando o assunto é troca de mensagens, imagens e vídeos. Sendo assim, a queda do serviço afeta diretamente a rotina e até o trabalho de muitas pessoas no país.

Como os problemas de instabilidade surgem de uma hora para outra, muitos podem acreditar que os culpados são a conexão e até o celular, quando normalmente se trata de uma falha do próprio aplicativo.

publicidade

Veja também:

Como identificar problemas no WhatsApp

Alguns sinais clássicos são: erros ao enviar ou baixar algum conteúdo e mensagens que não são enviadas ou recebidas. Nesse caso, o que resta saber é se o aplicativo realmente parou de funcionar ou se o caso é isolado. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas abaixo que podem ajudar.

Acesse o Downdetector

Um dos sites que informa se uma série de serviços estão funcionando ou não é o Downdetector da Ookla (mesma criadora do Speedtest). A dica vale para outras plataformas além do WhatsApp, como Instagram, Facebook, Twitter e até plataformas de outros setores, como o sistema do seu banco, por exemplo. 

Na página inicial do serviço, é só buscar pelo aplicativo ou serviço que deseja consultar e clicar no ícone de lupa. Na próxima tela, você consegue verificar pelo gráfico se mais usuários também tiveram problemas com o WhatsApp nas últimas 24 horas.

Quanto mais pessoas notificam um erro – o que é feito clicando em algum dos botões em destaque -, o site altera o gráfico em tempo real:

Como identificar problemas no WhatsApp
Imagem: Reprodução

Google Trends

Como identificar problemas no WhatsApp
Imagem: Reprodução

O Trends também pode sinalizar se há algo errado com o WhatsApp. Basicamente, o serviço mostra os termos mais pesquisados no mundo, o que normalmente serve para verificar a popularidade de algo mais específico no motor de buscas do Google.

Nesse caso, vale checar no serviço por termos como  “WhatsApp com problemas”, ou “WhatsApp fora do ar” – que foi a quinta frase relacionada ao app mais buscada no Google nos últimos 12 meses.

Recorra ao Twitter

Por fim, o Twitter também é outro bom indicativo para saber se o WhastApp e outras plataformas estão com problemas. Dependendo do número de reclamações, uma simples pesquisa pelo nome do aplicativo nas buscas já é o suficiente para confirmar se é algo mais sério ou regional. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!