Google, Microsoft e Meta registram quedas de ações drásticas que trazem mais um alerta preocupante de desaceleração econômica das big techs.

No caso do Google, a queda das ações da Alphabet caíram pouco mais de 9% após os registros de vendas por publicidade do terceiro trimestre também terem diminuído. A controladora do Google registrou lucro líquido de US$ 13,9 bilhões no terceiro trimestre, que representa queda de 27% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com o New York Times, analistas da FactSet estimavam que a empresa teria lucro de US$ 16,9 bilhões.

Leia mais:

publicidade
(Imagem: KanawatTH/Shutterstock)

Um fator que certamente tem afetado a queda de lucro da Alphabet são as vendas de anúncios, que cresceram 4% e que geraram US$ 39,5 bilhões de receita, porém, ficou abaixo dos US$ 41 bilhões que eram esperados por analistas.

Conforme registrado na manhã desta quarta-feira (26), a Microsoft registrou queda nas ações de até 8%. A expectativa é que a receita da big tech pode cair até US$ 3 bilhões.

A empresa teve lucro líquido de US$ 17,56 bilhões entre julho e setembro de 2022, ficando abaixo do lucro registrado no mesmo período do ano passado.

A Meta também divulgou seus números nesta quarta-feira (26). As ações da empresa mãe de Facebook, Instagram e WhatsApp tiveram queda de 14% na Bolsa americana.

O lucro da empresa no terceiro trimestre de 2022 ficou em US$ 4,39 bilhões, valor significativamente menor que os US$ 9,19 bilhões registrados no mesmo período no ano anterior.

Imagem destacada: Quality Stock Arts/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!