Aparentemente, a compra do Twitter pode não ser a única movimentação recente de Elon Musk pelo universo das redes sociais. Em uma interação com usuários, o empresário avaliou positivamente a ideia de adquirir outra plataforma: o Substack.

O Substack é uma plataforma que funciona em formato de newsletter e oferece uma estrutura de publicações e boletins informativos por assinatura. A rede é muito utilizada por escritores, podcasters e jornalistas, tendo atualmente mais de um milhão de assinantes em todo o mundo.

Leia mais:

Na interação pelo Twitter, os fãs pediram a Musk que adquirisse o Substack e conectasse as duas plataformas. Segundo um usuário, essa integração faria sentido porque “criaria instantaneamente uma competição massiva para mídia corporativa obsoleta”.

publicidade

A interação de Musk com o usuário @WallStreetSilv veio após o empresário publicar um tuíte criticando os jornalistas das ditas mídias tradicionais. “Por que o jornalismo corporativo está correndo para defender o Estado em vez do povo?”, questionou o CEO.

Além de permitir que os textos e conteúdos independentes sejam pagos por assinaturas, em envio direto ao público, o Substack tem sido muito utilizado por outros influenciadores da internet. Por outro lado, a dinâmica da plataforma poderia mudar em caso de uma compra por Musk.

No entanto, a atual situação financeira de Musk não é das melhores. A companhia do empresário, a Tesla, teve uma queda acentuada em suas ações (cerca de 70%), com o bilionário vendendo várias delas, tudo isso ocorrendo após as diversas incertezas que os acionistas da empresa tiveram com a aquisição do Twitter.

Informações via Gizchina

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!