Novas vagas de emprego divulgadas recentemente pela Sony indicam que a empresa deve intensificar o investimento em streaming de jogos via nuvem.

O anúncio acontece após a Sony ter demitido 90 funcionários das áreas de marketing e vendas da divisão Playstation no início desse mês. A justificativa para os desligamentos menciona que a medida é parte de uma “transformação global”, conforme mostrou o relatório do Axios.

Leia mais:

Ao total, a Sony divulgou mais de 20 vagas para cargos descritos como uma oportunidade de “liderar a revolução dos jogos em nuvem”. Os cargos divulgados são:

publicidade
  • Cinco engenheiros de plataforma sênior;
  • Três engenheiros de software;
  • Dois gerentes de projeto técnico;
  • Um redator técnico;
  • Quatro engenheiros de confiabilidade e um gerente da área;
  • Um engenheiro de devops;
  • Um engenheiro de rede júnior;
  • Um analista de inteligência de negócios sênior;
  • Um arquiteto de segurança;
  • Um planejador de capacidade de rede.

Além disso, uma vaga para diretor de gerenciamento de produto para Cloud Gaming (que não está mais disponível) descrevia: “Você é um inovador no espaço de produtos de streaming em nuvem? Então você provavelmente concorda que o Cloud Gaming está a caminho de se tornar uma parte importante da indústria de jogos”.

Anteriormente, a empresa também anunciou anteriormente uma posição para diretor de engenharia de hardware que deveria impulsionar a ”visão, a pesquisa e o desenvolvimento de servidores personalizados, designs de rack e tecidos de alta velocidade da SIE”.

Em 2021, a Sony anunciou que buscava por um arquiteto de hardware principal para “moldar o futuro da infraestrutura de data center combinável do Playstation para jogos em nuvem e aprendizado de máquina”.

O streaming de jogos virá para o portátil da Sony?

O anúncio das vagas acontece no momento que rumores sugerem que a Sony está trabalhando em um novo console portátil com capacidade de realizar o streaming de jogos a partir de um Playstation 5 através do recurso Remote Play (Controle Remoto). Ou seja, inicialmente esse possível console não realizaria o streaming por nuvem, mas com a divulgação dessas vagas isso pode mudar.

De acordo com o Insider Gaming, o portátil de codinome “Q Lite” conta com uma tela LCD de 8 polegadas, sensível ao toque. As informações também sugerem que o dispositivo terá gatilhos adaptativos para feedback tátil, botões de volume, alto-falantes, conector de áudio e mais.

Com informações de The Verge.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!