Um novo estudo publicado no PLOS One descobriu que o polvo-pigmeu listrado do Pacífico (Octopus chierchiae) possui um padrão-base semelhante a uma marca d’água de fotógrafo, que permanece visível independentemente de sua exibição de pixels. Os pesquisadores acreditam que essa “impressão digital” única ajudará na identificação e monitoramento do polvo, tanto na natureza quanto em cativeiro.

Quer ver mais coisas estranhas?

Se você está com pressa:

  • Polvo-pigmeu listrado do Pacífico possui listras únicas como “impressões digitais”.
  • Padrão-base visível independentemente da exibição de pixels.
  • Ajuda na identificação e monitoramento do polvo na natureza e em cativeiro.
  • Organismo modelo devido à rápida sucessão entre gerações.
  • Observadores não treinados podem identificar polvos por suas listras com alta precisão.
  • Identificação por foto evita problemas com polvos e despesas científicas.
  • Método de identificação por foto pode ser aplicado a outras espécies de polvo com características semelhantes.

Listras únicas são como “Impressões digitais”

O padrão único de cada polvo consiste em uma mistura de listras, barras e manchas e é mais visível quando o polvo está em repouso. Esse “código de barras” se desenvolve nas primeiras quatro semanas de vida do polvo. Os polvos-pigmeus listrados do Pacífico são ótimos candidatos para organismos modelo, já que botam várias ninhadas de ovos em sua vida útil de dois anos.

(Liu et al., PLOS One, 2023)

Os pesquisadores queriam saber se observadores não treinados também poderiam identificar cada polvo por suas listras. Eles recrutaram observadores da comunidade e os submeteram a um questionário com fotos de polvos. Os participantes tiveram um bom desempenho, com 17 deles obtendo uma precisão de 95% ou mais e uma pontuação mediana de 90%.

publicidade

Descoberta permite identificação mais barata e sustentável

A identificação por foto é uma ótima maneira de evitar problemas com polvos e despesas científicas. Marcas e tatuagens não são opções viáveis para o polvo-pigmeu listrado do Pacífico, devido ao seu pequeno tamanho. Identificar um polvo apenas por suas características únicas que ocorrem naturalmente é uma alternativa mais atraente.

A fotografia também registra dados como localização, hora, comportamento e interações ecológicas, oferecendo uma riqueza de informações sobre a espécie. As fotos podem ser adicionadas a bancos de imagens existentes e muitos projetos de biologia marinha estão começando a usar IA para processar seus conjuntos de dados visuais.

Imagem: (Liu et al., PLOS One, 2023)

Antes deste estudo, o único polvo conhecido por ter marcações únicas o suficiente para identificação por foto era o Wunderpus photogenicus. O polvo-pigmeu listrado do Pacífico é um ‘polvo arlequim’, assim como o polvo listrado do Pacífico maior e o polvo listrado do Atlântico (Octopus zonatus). Essas espécies de polvo podem ser candidatas a métodos de identificação semelhantes.

Em resumo, o polvo-pigmeu listrado do Pacífico possui listras únicas que funcionam como uma “impressão digital” e facilitam a identificação e monitoramento da espécie. A identificação por foto é vantajosa para evitar problemas com polvos e despesas científicas, e pode ser aplicada a outras espécies de polvo com características semelhantes.

Fonte: PLOS One

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!