Monarca mais longeva da história, a rainha Elizabeth II morreu de causas naturais em 8 de setembro de 2022, aos 96 anos, no Castelo de Balmoral, sua residência de férias na Escócia

Entre as muitas lembranças, pertences e documentos deixados por ela, está uma carta secreta escrita para o povo de Sydney, na Austrália, que só poderá ser aberta em 2085.

Escondida em uma cápsula do tempo no Queen Victoria Building, a carta foi escrita na ocasião da inauguração da restauração do edifício, que foi construído em 1898 para celebrar o Jubileu de Diamante da Rainha Vitória – bisavó de Elizabeth II.

O prédio histórico foi quase demolido na década de 1950 para ser transformado em áreas de convivência e estacionamentos, até uma tentativa de restauração ser finalmente bem-sucedida.

publicidade
Carta secreta escrita pela rainha Elizabeth II ao povo de Sydney, na Austrália, está em uma cápsula do tempo guardada no Edifício Rainha Victoria, com instruções de ser aberta pelo prefeito que estiver governando a cidade em 2085. Crédito: ArliftAtoz2205 – Shutterstock

Leia mais:

Redigida em novembro de 1986, ano de conclusão das obras, e endereçada a quem quer que seja o prefeito da cidade, a instrução diz: “Em um dia apropriado para ser selecionado por você no ano de 2085, por favor, abra este envelope e transmita aos cidadãos de Sydney minha mensagem a eles”.

De acordo com o NCA NewsWire, nem mesmo aqueles mais próximos da rainha sabem o teor do documento.

Rainha Elizabeth II era chefe de Estado da Austrália

Elizabeth II visitou a Austrália 16 vezes durante a vida e era conhecida por ter um profundo amor pelo país, cuja população também tinha muita admiração e respeito por ela. Prova disso é que, em 1999, o governo australiano realizou um referendo para removê-la como chefe de Estado, mas o povo optou por mantê-la como sua soberana.

Agora, a Austrália agora reconhece o filho da rainha, o rei Charles III, como seu atual chefe de Estado. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!