O movimento de rotação da Terra dura 23 horas 56 minutos e 4,1 segundos, determinando a duração dos dias, mas nem sempre foi assim. Há bilhões de anos eles eram muito mais curtos, e foram se alongando graças à Lua. Mas agora uma nova pesquisa aponta que esse alongamento parou pelo menos uma vez.

As interações gravitacionais entre o nosso planeta e a Lua fazem com que lentamente ela se afaste da gente ao mesmo tempo que reduz a velocidade de rotação da Terra, aumentando a duração dos dias. A previsão de quando os dias se tornarão tão grandes a ponto de terem 25 horas não é certa, e pode ser ainda mais difícil de calcular com a descoberta publicada recentemente na Nature Geoscience.

Utilizando ciclos de Milankovitch na órbita da Terra, foi notado que durante um período os dias pararam de se alongar.

Dois ciclos de Milankovitch, precessão e obliquidade, estão relacionados com a oscilação e inclinação do eixo de rotação da Terra no espaço. A rotação mais rápida da Terra primitiva pode, portanto, ser detectada em ciclos de precessão e obliquidade mais curtos no passado.

Uwe Kirscher, autor do estudo

Isso aconteceu quando os dias possuíam em torno de 19 horas, de dois a um bilhão de anos atrás, antes da explosão da vida multicelular, e os cientistas acham que isso pode estar relacionado.

publicidade

Leia mais:

Marés solares e organismo fotossintetizantes

Além da Lua, outros objetos também podem alterar minimamente a rotação da Terra e a duração dos dias. Enquanto a interação gravitacional com o satélite causa marés principalmente nos oceanos e retarda o movimento, o Sol atua na atmosfera acelerando o planeta. Atualmente as marés solares são mais fracas e acabam perdendo o cabo de guerra com a Lua.

Rocha sedimentar utilizada para calcular a duração dos dias antigos da Terra
Rocha sedimentar utilizada para calcular a duração dos dias antigos da Terra (Credito: Ross Mitchell)

Mas quando a Lua estava mais próxima, a força dela pode ter sido tão pequena, que se cancelava com a do Sol, que provavelmente era mais forte do que hoje. A composição da atmosfera, na época, era composta por mais ozônio do que oxigênio, e às marés solares são impulsionadas principalmente pela interação da luz pelo ozônio e o vapor d’água. Esse cenário fez com que os dias parasse de se alongar só foi possível entre o período de oxidação da atmosfera e o aumento dos níveis de O₂, que estimulou o nascimento dos animais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!