A tendência dos elétricos atingiu até a Meyers Manx, a famosa fabricante do buggy elétrico dos anos 1960 inspirado no Fusca da Volkswagen. A empresa divulgou como será o Manx 2.0, como o novo modelo será chamado, e o preço. E acredite, se a aparência não te impressionar, o preço vai.

Leia mais:

Buggy elétrico

  • O novo modelo da Meyers Manx é o primeiro da empresa em 20 anos e foi revelado no ano passado.
  • Segundo o site Inside EVs, a versão mais básica tem uma bateria de 20 kWh, mas os números de desempenho ainda não foram divulgadas.
  • Uma segunda versão, também anunciada no ano passado, terá uma bateria 40 kWh com um carregador de bordo de 6kW.
  • Esta versão terá 202 cavalos e chegará aos 96 km/h em apenas 4,5 segundos. O alcance do modelo será de cerca de 483 km com uma única carga.
  • A versão mais simples teria exatamente metade do alcance e potência em cavalos.
Buggy é inspirado no Fusca da Volkswagen (Foto: Meyers Manx/Divulgação)

Quando chega?

Ainda de acordo com o site, espera-se que a Meyers Manx fabrique 50 unidades beta do modelo. Elas serão entregues aos clientes no ano que vem.

Após receberem e testarem os buggys elétricos, os clientes poderão dar seus feedbacks à empresa para que ela faça as mudanças necessárias.

publicidade

Para adquirir um modelo, basta fazer um depósito de US$ 500 no site da Meyers Manx.

(Foto: Meyers Manx/Divulgação)

Preço

Se o visual do buggy elétrico Manx 2.0 não te impressionou nem um pouquinho, o preço com certeza vai: a versão mais barata do veículo começa a ser vendida por US$ 74 mil, cerca de R$ 369 mil. A versão mais avançada sai a partir de US$ 78.490, cerca de R$ 390 mil.

Isso é quase equivalente a alguns carros de luxo no Brasil, como os SUVs Volvo XC60 (R$ 399.950) ou o Audi Q5 (R$ 387.990). Com esse dinheiro, você poderia comprar duas unidades do Toyota Corolla e ainda sobraria uma graninha.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!