Os veículos elétricos e híbridos têm conquistado cada vez mais espaço no mercado dos Estados Unidos. Segundo dados divulgados pela Administração de Informação de Energia dos EUA, eles representaram 16% das vendas de carros leves no país no segundo trimestre de 2023. No entanto, esse avanço ainda esbarra nas dificuldades de tornar estes produtos acessíveis para toda a população.

Leia mais

Maior quantidade de ofertas de elétricos

  • A Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos analisou informações da Wards Intelligence, que fornece dados do setor automotivo.
  • Segundo o órgão, o resultado deve-se, em grande parte, às novas ofertas de elétricos pelas fabricantes em diferentes segmentos de mercado.
  • Ele ainda aponta que, na contramão do aumento das vendas de veículos elétricos, a comercialização de carros movidos a gasolina e diesel caiu no país durante o mesmo período, segundo informações da Electrek.

Carros de luxo

Os dados ainda apontam que o mercado de veículos de luxo respondeu por 18% das vendas totais de veículos elétricos novos no segundo trimestre de 2023, contra 14% em 2020.

Os elétricos a bateria representam agora 20% de todos os modelos de luxo disponíveis no mercado norte-americano, em comparação com 7% quando analisados os modelos não luxuosos.

publicidade

O levantamento também observa que no segundo trimestre de 2023, os veículos elétricos movidos a bateria responderam por 32% das vendas no segmento de luxo, contra apenas 1% nos carros “comuns”.

Administração de Informação de Energia dos EUA

Elétricos ainda não são populares

Apesar do aumento no número de veículos elétricos vendidos nos EUA, a parcela da população que pode, de fato, comprar um produto do tipo ainda é pequena.

O maior desafio segue sendo tornar os carros mais acessíveis para os norte-americanos, garantindo também a estrutura necessária de recarga desses veículos.

O Capitólio dos Estados Unidos, por exemplo, não tem estações de carregamento. Além disso, 50% das casas dos EUA não têm garagens.

Esses números evidenciam que o mercado de elétricos ainda não é para qualquer um nos EUA.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!