Muitos detalhes sobre os confins do Sistema Solar permanecem desconhecidos pela ciência. Até um planeta relativamente grande e parecido com a Terra pode ter passado despercebido. Novas evidências apontam para a possibilidade da existência de um mundo oculto. Essa hipótese surgiu com a descoberta de objetos agrupados na órbita de Netuno — os chamados objetos transnetunianos (“trans-Neptunian objects“, ou TNOs na sigla em inglês).

Segunda Terra?

  • Isso levou os cientistas a estudar a possibilidade de existir um ‘Planeta Nove’, uma espécia de segunda Terra escondida além do alcance.
  • Segundo os cientistas planetários Patryk Sofia Lykawka, da Universidade Kindai, no Japão, e Takashi Ito, do Observatório Astronômico Nacional do Japão, este mundo seria congelado e escuro.
  • Não teria mais que 3 vezes a massa da Terra e estaria a cerca de  500 unidades astronômicas do Sol (medida de comprimento que usa como referência a distância média da Terra ao Sol).
  • Cientistas dizem que este planeta parecido com o nosso teria uma massa entre 1,5 e 3 vezes a da Terra.

E para repercutir o assunto, recebemos quem participou desse estudo, o doutor Patryk Sofia Lykawka, cientista planetário e pesquisador da Universidade Kindai, do Japão. Ele nos contou mais detalhes sobre essa pesquisa.

“No Sistema Solar, existem 8 planetas conhecidos e existem também cinturões de asteroides entre Marte e Júpiter, e tem um outro cinturão que existe além da órbita de Netuno, o que é chamado de cinturão de kuiper. Então, o que eu fiz foi analisar as órbitas desses objetos no cinturão de kuiper, também chamado de TNOs e eu percebi que muitos deles têm órbitas estranhas, peculiares, difíceis de explicar.”

Patryk Sofia Lykawka

Veja a entrevista completa!