VPN é a sigla para Virtual Private Network. Trata-se de um serviço de rede virtual que conecta dois pontos da internet. Com uma rede VPN ativa, você pode navegar de forma anônima na web, evitando rastreamentos e espionagens. Além disso, esses serviços ainda permitem acessar conteúdos bloqueados em determinados países, ou simplesmente melhorar a sua segurança online.

Neste artigo, exploraremos alguns dos principais serviços de VPN oferecidos no mercado, incluindo as características e recursos de cada um deles. Além disso, explicaremos como é o funcionamento dessas redes virtuais, e qual pode ser a melhor opção para as suas necessidades. Confira abaixo quais são as melhores VPNs no Brasil:

Quais as melhores VPNs

Buscar serviços de VPN pode ser uma tarefa complicada, considerando a grande quantidade de ofertas disponíveis. No entanto, o Olhar Digital separou algumas delas para analisar quais são as principais características para auxiliar na sua decisão. Confira abaixo:

Quais foram os critérios considerados 

Para analisar os diferentes serviços de VPN disponíveis no mercado, o Olhar Digital considerou as seguintes características: 

  • Desempenho: quais oferecem as maiores velocidades de conexão 
  • Cobertura do servidor: em quantos países e cidades o usuário pode se conectar
  • Confiabilidade: quais são os mais seguros e com garantia de respeito aos dados do usuário 
  • Preços e planos: quanto custa cada uma 
  • Aplicativos: em quantos dispositivos e plataformas diferentes o usuário pode usar o serviço 
  • Segurança: quais recursos extras são disponibilizados para oferecer mais segurança durante a navegação 
  • Funcionalidades adicionais: o que mais o serviço permite fazer além da conexão segura 

Quer testar os serviços de VPN da NordVPN? Então clique aqui e aproveite!

NordVPN

Imagem de divulgação do serviço de VPN NordVPN
NordVPN. Imagem: Divulgação/NordVPN

Um dos principais serviços do mercado, a NordVPN conta com uma base de 14 milhões de usuários. Desenvolvida pela Nord Security, a rede virtual faz parte de um pacote de produtos que também inclui o NordPass (gerenciador de senhas), o NordLocker (ferramenta de criptografia e armazenamento de arquivos), NordLayer (VPN para empresas) e o NordWL (kit de ferramentas para criar produtos de VPN).

São mais de 5,5 mil servidores em 59 países, incluindo algumas das localizações mais populares como Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Japão, e mais. O usuário pode selecionar um servidor em uma cidade específica dos EUA, França, Alemanha e Canadá, por exemplo.

A NordVPN também oferece recursos extras ao usuário, como os servidores de VPN dupla que criptografam e enviam o tráfego dos usuários por meio de dois servidores, adicionando uma camada extra de segurança. Essa funcionalidade é recomendada especialmente para ativistas políticos e jornalistas que trabalham em locais politicamente estáveis e sofrem riscos de censura ou perseguição política.

Interface do aplicativo da NordVPN para Windows.
Interface do aplicativo da NordVPN para Windows. Imagem: Reprodução/Olhar Digital

Para garantir a segurança da navegação, a NordVPN usa o padrão de criptografia AES com chaves de 256 bits, considerado impossível de descriptografar. Além disso, usuários do serviço podem escolher entre três protocolos diferentes de VPN: IKEv2/IPsec, OpenVPN e NordLynx.

A segurança também é garantida a partir de algumas das funcionalidades oferecidas aos usuários da NordVPN. Uma delas é chamada Kill Switch, que é responsável por interromper completamente a conexão com a internet, caso a conexão entre o dispositivo e o servidor da NordVPN caia. Assim, o usuário não corre risco de navegar sem a privacidade oferecida pelas redes VPN devido a problemas de conectividade.

Funcionalidades adicionais:

  • A NordVPN oferece túnel dividido para dispositivos Android e Windows, o que permite redirecionar parte do tráfego (como um único aplicativo) por meio de um servidor de VPN, enquanto o restante das aplicações usa uma conexão convencional. 
  • A NordVPN também oferece um bloqueador de anúncios: a tecnologia CyberSec, disponível no iOS, Android, Mac, Windows e Linux, também impede o acesso a sites mal-intencionados. 
  • O Dark Web Monitor varre a chamada dark web em busca de credenciais associadas ao endereço de e-mail do usuário — caso alguma informação sensível vaze, o usuário fica sabendo e pode se proteger de ataques e roubo de identidade virtual. 
  • As contas da NordVPN podem ser usadas em até 6 dispositivos, sendo compatível com Android, iOS, Linux, Mac, Android TV, extensões para navegadores e outros. A NordVPN também consegue proteger um roteador, protegendo assim todos os dispositivos que se conectam à rede Wi-Fi doméstica. 
  • Para facilitar a vida dos usuários, os aplicativos da NordVPN selecionam automaticamente o servidor mais rápido no país selecionado. O app ainda conta com o recurso SmartPlay, que combina VPN com Smart DNS e permite acessar conteúdos com mais segurança. 

NordVPN: planos e preços

A NordVPN oferece planos bianuais, anuais ou mensais em três categorias: Standard, Plus e Completo. 

O plano Standard oferece acesso às redes VPN de alta velocidade, proteção contra malwares, e rastreador e bloqueador de anúncio. O plano Plus também inclui gerenciador de senhas multiplataforma e verificador de violações de dados. O plano completo adiciona 1 TB de armazenamento na nuvem e criptografia de última geração para arquivos. 

Confira os preços: 

NordVPN Standard 

  • 2 anos: R$ 294,30 (R$ 10,90 mensais) 
  • 1 ano: R$ 202,90 (R$ 16,90 mensais) 
  • Mensal: R$ 64,90 

NordVPN Plus 

  • 2 anos: R$ 373,30 (R$ 13,90 mensais) 
  • 1 ano: R$ 238,80 (R$ 19,90 mensais) 
  • Mensal: R$ 67,90 

NordVPN Completo 

  • 2 anos: R$ 483,30 (17,90 mensais) 
  • 1 ano: R$ 286,80 (R$ 23,90 mensais) 
  • Mensal: R$ 72,90 

Quer testar o NordVPN? Então clique aqui e confira uma oferta imperdível! 

Surfshark VPN

Imagem de divulgação do serviço Surfshark VPN
Surfshark VPN. Imagem: Divulgação/Surfshark

O Surfshark VPN é um dos serviços mais populares de VPN disponíveis no mercado. Com uma boa oferta de recursos e benefícios, ele pode ser uma excelente opção para quem busca segurança na hora de navegar na web.

Usuários do Surfshark podem acessar as redes com conexões simultâneas ilimitadas, ou seja, todos os dispositivos da sua casa podem ter a navegação protegida pelas redes VPN. Os assinantes ainda ganham acesso a serviços como bloqueador de anúncios, de monitoramento, e o “CleanWeb” que protege os dispositivos de ameaças virtuais, incluindo malwares e tentativas de phishing.

São mais de 3.200 servidores espalhados por 100 países diferentes, e as conexões são rápidas e estáveis, permitindo acesso a serviços exigentes como streaming de vídeo e até jogos sem interrupções constantes. O aplicativo tem uma interface amigável, oferecendo simplicidade na configuração e uso do serviço.

Interface do Surfshark no Windows; uso do serviço é simples e direto
Interface do Surfshark no Windows; uso do serviço é simples e direto. Imagem: Reprodução/Olhar Digital

Recursos como Kill Switch — que interrompe a conexão quando a VPN não está ativa — fazem parte do pacote do Surfshark. Para garantir a segurança dos usuários, a criptografia AES de 256 bits está presente, e o serviço oferece os protocolos WireGuard, OpenVPN e IKEv2. 

Outros recursos:

  • GPS spoofer: para esconder ainda mais a sua localização, o Surfshark consegue modificar dados do GPS nos dispositivos Android para que sites e aplicativos não consigam determinar onde você está com precisão.
  • Alertas: um recurso de alertas ajuda a monitorar dados relacionados a cartão de crédito, e-mail, e documentos de identificação, para garantir que nenhum dado seu caia nas mãos erradas. 
  • O recurso Webcam Protection bloqueia o acesso de apps e sites à câmera do seu dispositivos e, assim, garante que ninguém vai conseguir te espionar a partir dela, a não ser que você permita. 
  • O Surfshark pode ser usado por quantos dispositivos você quiser. O serviço é compatível com Windows, Linux, macOS, iOS e Android, além de contar com extensões para navegadores como Chrome, Firefox e Edge. 

Surfshark: planos e preços

Os planos do Surfshark podem ser adquiridos em períodos de 24, 12 ou 1 mês, em três categorias: Starter, One e One+. 

O plano Starter, que é o mais básico oferecido, tem acesso às redes VPN, bloqueador de anúncio e bloqueador de pop-ups e cookies. O One também inclui um motor de busca privado, proteção antivírus e malware, alertas de violação de dados e relatórios de segurança de dados pessoais. O One+ adiciona também a opção de remover informações do usuário do banco de empresas e sites de busca. 

Confira os preços: 

Plano Starter 

  • 24 meses: R$ 295,05 (R$ 11,80 por mês) 
  • 12 meses: R$ 236,40 (R$ 19,70 por mês) 
  • 1 mês: R$ 76,29 

Plano One 

  • 24 meses: R$ 378 (R$ 15,12 por mês) 
  • 12 meses: R$ 242,32 (R$ 20,19 por mês) 
  • 1 mês: R$ 88,62 

Plano One+ 

  • 24 meses: R$ 588,92 (R$ 23,56 por mês) 
  • 12 meses: R$ 384,52 (R$ 32,04 por mês) 
  • 1 mês: R$ 101,96 

Gostou do Surfshark? Então clique aqui para testar o serviço! 

AtlasVPN

Imagem de divulgação do serviço Atlas VPN
AtlasVPN. Imagem: Divulgação/AtlasVPN

O AtlasVPN é um serviço relativamente novo, lançado em 2020, e que vem conquistando popularidade com uma oferta generosa de recursos e funcionalidades de segurança. A transparência é uma das características mais notáveis, e o serviço passa por auditorias independentes de segurança para garantir sistemas robustos e confiáveis. 

Entre os principais recursos está o SafeBrowse, que adiciona camadas de proteção à navegação ao bloquear sites maliciosos e tentativas de phishing automaticamente. 

Em comparação aos outros serviços analisados, o AtlasVPN oferece uma rede menor: são 1.000 servidores espalhados por 42 países. Ainda assim, as conexões são rápidas e confiáveis. Não há limitação de dispositivos conectados – você pode proteger todos os aparelhos compatíveis da sua casa com as redes do AtlasVPN. 

Interface do AtlasVPN em seu aplicativo para Windows
Interface do AtlasVPN em seu aplicativo para Windows. Imagem: Reprodução/Olhar Digital

O AtlasVPN oferece os protocolos WireGuard e IPSec/IKEv2, com a criptografia AES-256 e ChaCha20-Poly1305. Assim como os concorrentes, o serviço também conta com a funcionalidade KillSwitch que desconecta automaticamente o dispositivo caso a VPN pare de funcionar. 

Outras características

  • O recurso SafeSwap permite acessar a internet usando diversos endereços de IP simultâneos, dificultando a identificação do usuário e garantindo mais anonimato na navegação;
  • O bloqueador de malwares também consegue barrar anúncios maliciosos, adicionando mais uma camada de proteção ao usuário;
  • O recurso Split Tunneling permite diferenciar o tráfego dependendo de aplicativos e sites, assim, é possível direcionar parte do tráfego para a rede VPN enquanto a outra parte trafega sem a rede virtual privada;
  • Diferentemente dos concorrentes, o AtlasVPN não seleciona a conexão mais rápida automaticamente, e o usuário precisa buscar a mais adequada manualmente. 

AtlasVPN: planos e preços

Diferentemente dos outros dois serviços analisados, o AtlasVPN só oferece planos em dólar em seu site oficial. Os valores não são muito elevados, mas a impossibilidade de pagar em real pode ser um impeditivo para muita gente. 

O plano básico do AtlasVPN oferece dados e dispositivos ilimitados, criptografia de ponta e servidores rápidos para vídeos e jogos. Ele pode ser adquirido em períodos de 1 mês, 1 ano ou 3 anos. O AtlasVPN+ ainda adiciona o bloqueador de anúncios e malwares, proteção contra phishing e sites maliciosos, e o monitoramento de dados pessoais para evitar vazamentos por US$ 0,50 mensais. 

  • 3 anos: US$ 71,52 (US$ 1,83 por mês) 
  • 1 ano: US$ 49,01 (US$ 4,08 mensais) 
  • 1 mês: US$ 11,99 mensais 

É possível assinar o serviço dentro da Play Store do Google. Nesse caso, o valor é cobrado em reais. Confira abaixo: 

  • Anual: R$ 239,88 
  • Mensal: R$ 19,99 

Ficou interessado no AtlasVPN? Então clique aqui para começar a usar já o serviço! 

Comparativo de velocidade de VPN

Os testes de velocidade foram realizados a partir de uma conexão Vivo Fibra de 300 Mbps em São Paulo, e realizados a partir do Speedtest. 

Os servidores da NordVPN ofereceram, no geral, velocidades mais elevadas e também latência mais baixa, o que garante uma conexão mais estável e confiável. No caso do Surfshark, apesar da velocidade de download ser boa, a de upload ficou muito abaixo dos números observados nos concorrentes. 

NordVPN 

Nova York 

  • Download: 194,37 Mbps 
  • Upload: 135,57 Mbps 
  • Latência: 151 ms 

Paris 

  • Download: 154,72 Mbps 
  • Upload: 123,08 Mbps 
  • Latência: 230 ms 

Tóquio 

  • Download: 173,13 Mbps 
  • Upload: 109,12 Mbps 
  • Latência: 278 ms 

AtlasVPN 

Nova York 

  • Download: 182,32 Mbps 
  • Upload: 147,05 Mbps 
  • Latência: 139 ms 

Paris

  • Download: 150,75 Mbps 
  • Upload: 130,28 Mbps 
  • Latência: 220 ms 

Tóquio 

  • Download: 115,79 Mbps 
  • Upload: 88,34 Mbps 
  • Latência: 285 ms 

Surfshark 

Nova York 

  • Download: 161,73 Mbps 
  • Upload: 13.34 Mbps 
  • Latência: 156 ms 

Paris 

  • Download: 176,80 Mbps 
  • Upload: 99,70 Mbps 
  • Latência: 227 ms 

Tóquio 

  • Download: 162,40 Mbps 
  • Upload: 90,96 Mbps 
  • Latência: 300 ms 

Prós e contras dos serviços de VPN

PrósContras
NordVPN– Excelente velocidade
– Segurança e privacidade de alta qualidade
– Recursos diversificados para diferentes tipos de usuários 
– Cobertura de servidores podia ser mais ampla
– Quantidade limitada de dispositivos 
Surfshark– Suporte a mais dispositivos
– Maior cobertura de servidores 
– Velocidade de upload mais baixa
– Menos recursos adicionais
AtlasVPN– Boa velocidade de download e upload
– Uso ilimitado em dispositivos 
– Menor cobertura de servidores entre os serviços analisados Preços em dólar podem dificultar adoção no Brasil
– Não escolhe automaticamente o melhor servidor para o usuário

Conclusão

Os três serviços analisados são bastante robustos do ponto de vista de recursos e funcionalidades, e todos oferecem boa velocidade para navegação. Enquanto o Surfshark oferece mais dispositivos simultâneos e servidores espalhados pelo planeta, o NordVPN se destaca pela velocidade superior aos concorrentes e também por oferecer os planos mais em conta para o público brasileiro. 

  • A NordVPN se destaca em desempenho, confiabilidade, segurança e funcionalidades adicionais, sendo a mais rápida e com mais recursos diferentes oferecidos ao usuário. Além disso, é a mais em conta considerando os diferentes planos e preços praticados no Brasil; 
  • O Surfshark tem uma cobertura superior de servidores e também funciona em mais dispositivos simultaneamente, mas não oferece um cardápio de funcionalidades tão extenso quanto a NordVPN; 
  • O AtlasVPN, mais recente das ferramentas analisadas, tem uma cobertura mais modesta e preços até atrativos, mas, infelizmente, oferece os serviços apenas em dólar, a não ser dentro dos aplicativos para dispositivos móveis.

Ainda tem dúvidas sobre VPN? Então confira mais!

Como funciona uma VPN? 

Uma VPN cria um túnel criptografado entre seu computador e um servidor. Isso significa que todos os seus dados são enviados de forma criptografada para esse servidor, o que torna praticamente impossível para terceiros interceptarem suas informações. Além disso, ao navegar na web através da VPN, seu IP é substituído pelo endereço IP do servidor, o que impede qualquer pessoa de rastrear sua atividade online. 

Quais são as vantagens do uso de uma VPN? 

Ao usar uma VPN, você pode navegar na web de forma anônima, evitando assim que seus dados sejam rastreados ou interceptados por terceiros. Além disso, também é útil para acessar conteúdos bloqueados em seu país, como sites de streaming e redes sociais. Outra vantagem é que a rede privada virtual melhora sua segurança online, pois cria um túnel criptografado entre seu computador e o servidor. 

É legal usar uma VPN? 

Sim, é legal usar uma rede privada virtual no Brasil. No entanto, é importante ficar atento às leis e regulamentações do país em que você está usando a VPN. Além disso, é importante escolher uma opção que ofereça criptografia de ponta a ponta e que não mantenha registros de sua atividade online. 

É seguro navegar com uma VPN? 

Sim, é seguro navegar com uma rede privada virtual. No entanto, é importante ficar atento às leis e regulamentações do país em que você está usando a VPN. Além disso, é importante escolher uma opção que ofereça criptografia de ponta a ponta e que não mantenha registros de sua atividade online. 

Aproveite para começar a usar a NordVPN agora mesmo: clique aqui e aproveite uma oferta especial!