O setor de energia é um dos mais suscetíveis a crises. E ao longo da história, diversas empresas que atuavam no ramo tiveram de fechar as portas. Pensando nisso, economistas utilizaram a inteligência artificial para criar uma metodologia que possa salvar companhias de petróleo e gás de futuras crises.

Leia mais

publicidade

Algoritmo foi criado a partir de IA

  • Os pesquisadores analisaram dados de duas das maiores empresas de petróleo e gás da Rússia: Lukoil e Gazprom.
  • Eles avaliaram o desempenho dessas companhias durante a crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19, em 2020, e durante crise causada pela invasão da Ucrânia, em 2022, que resultou em uma série de sanções contra o governo, mas também empresas russas.
  • O resultado, publicado na revista Resources Policy, foi a criação de um algoritmo que aumentaria a sustentabilidade do setor.
  • Essa tecnologia é baseada na Indústria 4.0, sendo alimentada pela IA, internet das coisas e big data.
  • As informações são da Tech Xplore.
Algoritmo pode salvar empresas de petróleo de crises no setor (Imagem: Lukasz Z/Shutterstock)

Estudo analisou crises de 2020 e 2022

Durante o trabalho, os economistas utilizaram o método de análise de tendências. Sua essência é que cada posição do relatório é comparada com várias das mesmas posições em períodos anteriores.

Em 2020, a pandemia de Covid-19 derrubou os preços do petróleo em quase 70% nos primeiros três meses do ano. Já em 2022, o mercado de óleo e gás enfrentou uma nova crise com a guerra entre Rússia e Ucrânia, que elevou os preços mundialmente.

publicidade

As empresas de petróleo e gás não visam criar vantagens sociais e ecológicas, mas emitir relatórios atraentes sobre desenvolvimento sustentável para melhorar sua reputação em tempos de crise. Portanto, recentemente, a atenção dos pesquisadores tem sido direcionada para imperfeições nos relatórios corporativos das empresas de petróleo e gás.

Elena Popkova, Ph.D. em Economia, professora da Universidade RUDN

O foco do estudo foram os preços do petróleo Brent. Os autores compararam os resultados obtidos com modelos teóricos e formularam uma metodologia para o desenvolvimento sustentável de empresas de petróleo e gás.

O algoritmo proposto pelos economistas da Universidade RUDN contém três passos principais. A primeira é a coleta automatizada de dados. Para isso, propuseram o uso da Internet das Coisas e do big data, que permitirá a geração e sistematização de extensos conjuntos de dados.

publicidade

O segundo passo é a análise de dados usando inteligência artificial. Por fim, os resultados obtidos são resumidos e relatórios abrangentes são gerados, também com a ajuda da IA.

As tecnologias inovadoras da Indústria 4.0 aumentam significativamente a resiliência a crises no setor de petróleo. Um método de gestão baseado em conjuntos de dados automatizará a contabilidade corporativa e o monitoramento governamental. Os relatórios de sustentabilidade podem estimular o crescimento sustentável das empresas de petróleo e gás, rastreando suas atividades pelos setores público e privado, e também permitirão comparar a contribuição de diferentes empresas para o desenvolvimento sustentável de todo o setor.

Elena Popkova, Ph.D. em Economia, professora da Universidade RUDN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!