O ator Michael Gambon, que interpretou Albus Dumbledore a partir do terceiro filme da franquia “Harry Potter“, morreu aos 82 anos. A informação foi confirmada pela família de Gambon nesta quinta-feira (28).

Leia mais:

Estamos arrasados em anunciar a perda de Sir Michael Gambon. Amado marido e pai, Michael morreu pacificamente no hospital com sua esposa Anne e seu filho Fergus ao lado de sua cama, após um ataque de pneumonia.

Nota divulgada pela agente de publicidade Clair Dobbs, em nome da mulher do ator, Anne Gambon, e de seu filho, Fergus Gambon

A família pediu respeito à privacidade “neste momento doloroso” e aproveitou para agradecer pelas mensagens de apoio e amor.

Michael Gambon: um resumo da sua vida e carreira

Michael Gambon
(Imagem: Roger Askew/Shutterstock)

Sir Michael John Gambon nasceu em Dublin, na Irlanda, em 1941. Sua vida nos palcos começou 19 anos depois, em 1960. Depois, estreou nas telinhas (TV) e telonas (cinema).

publicidade

Gambon foi o segundo ator a interpretar Dumbledore nos filmes da franquia “Harry Potter”. Ele integrou o elenco dos filmes após a morte, em 2002, de Richard Harris, que vestiu o manto do bruxo e diretor de Hogwarts nos dois primeiros filmes da saga.

Outros destaques da sua filmografia são: “O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante” (1989), de Peter Greenaway, no qual interpretou um líder psicótico da máfia; e “O Discurso do Rei” (2010), de Tom Hooper, no papel de rei George V.

Em 2015, Gambon anunciou sua aposentadoria dos palcos de teatro por conta da memória. É que o ator não conseguia mais lembrar suas falas. Antes de se aposentar, ele chegou a atuar com um fone de ouvido, que serviu como uma espécie de ponto.