O TikTok anunciou que a partir de quarta-feira (4) as transações via TikTok Shop, loja virtual da plataforma, serão desativadas na Indonésia. Decisão vem para que a rede de vídeos curtos entre em conformidade com a nova lei do país, que proibiu o comércio eletrônico em redes sociais na semana passada. 

O que você precisa saber: 

  • A plataforma disse em comunicado nesta terça-feira (3) que coordenará com o governo da Indonésia planos para lidar com a demanda; 
  • Não ficou claro se o TikTok criará um novo aplicativo de comércio eletrônico, separado de seu aplicativo de mídia social; 
  • Segundo o governo indonésio, a proibição de comércio nas plataformas sociais visa proteger os comerciantes e mercados offline, que se sentem ameaçados ante aos preços predatórios negociados no TikTok — injustificadamente abaixo do preço de custo. 

Leia mais! 

Nossa prioridade é permanecer em conformidade com as leis e regulamentos locais. Como tal, não facilitaremos mais as transações de comércio eletrônico na TikTok Shop Indonésia. 

TikTok em comunicado.

De acordo com a Reuters, a decisão do TikTok está em linha com o período de carência do governo indonésio para cumprir a nova regra, que entrou em vigor com a promessa de encerrar a atuação de plataformas que não seguirem as normas. 

publicidade

Com 125 milhões de usuários mensais ativos no país, vendedores on-line já encaram a medida como prejudicial, com alguns declarando que hoje 80% de sua renda vem das vendas no TikTok Shop. 

Até então, o foco do TikTok, que se comprometeu a investir bilhões de dólares no Sudeste Asiático, principalmente na Indonésia, era impulsionar seu braço de comércio eletrônico, transformando a grande base de usuários em uma importante fonte de receita. Não ficou claro se o plano de longo prazo foi alterado com a implementação da nova lei. 

As transações de comércio eletrônico na Indonésia totalizaram quase US$ 52 bilhões no ano passado e, desse valor, 5% ocorreram no TikTok, segundo dados da consultoria Momentum Works.