Esses são alguns destaques desta terça-feira (3):

Vida extraterrestre pode estar mais perto do que imaginamos

Se você é daqueles que torcem para a ciência encontrar vida fora da Terra, boas notícias! Pelo menos, segundo um novo estudo da Universidade da Califórnia. Através da análise de dados da missão Kepler e da aplicação de um arcabouço matemático, a pesquisa sugeriu que o planeta mais próximo com vida extraterrestre pode estar a apenas 65 anos-luz de distância, o que em termos astronômicos é pouco. Isso reacendeu as esperanças de encontrar sinais de vida em outros mundos.

Novo programa do governo federal promete levar internet para todas as escolas públicas do Brasil

O governo federal lançou a “Estratégia Nacional de Escolas Conectadas”, que promete levar internet a todas as escolas públicas do Brasil até 2026. O investimento previsto é de 8 bilhões e 800 milhões de reais. O plano prevê, ainda, garantir equipamentos, laboratórios de informática, tablets, computadores e conexão Wi-Fi nas instituições de ensino. Para falar mais sobre o assunto, recebemos Jesaias Arruda, vice-presidente da Associação Brasileira de Internet, a Abranet.

Tragédia com submarino da OceanGate vai virar filme

O submersível da OceanGate desapareceu em dezoito de junho com cinco pessoas a bordo em uma expedição aos destroços do Titanic. Quatro dias depois, foi confirmado que a embarcação teria implodido. O longa-metragem será produzido pela MindRiot Entertainment, que já trabalha em uma série documental sobre o caso. O produtor Brian Dobbins, da comédia The Blackening, também se junta à equipe.

publicidade

Futurecom 2023 tem discussões sobre IA, 6G e futuro da tecnologia

O Futurecom, evento que começou hoje, chega à 23ª neste ano e discute temas relacionados às tecnologias emergentes atuais. Aplicações da Inteligência Artificial, implementação de serviços como o 5G e o 6G e o uso das redes de telecomunicações são alguns dos assuntos abordados no Futurecom, que é realizado até quinta-feira na São Paulo Expo, na capital paulista.

Japão e Índia planejam missão para localizar água perto do polo sul da Lua

Um acordo entre a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão e a Organização Indiana de Pesquisa Espacial estabelece diretrizes para uma missão conjunta para localizar água nos arredores do polo sul da Lua. O objetivo é descobrir se existe ou não água no local, bem como a distribuição e em que condições está.

O Olhar Digital News é exibido de segunda a sexta em nossas redes. Acompanhe!