Já imaginou uma versão virtual sua capaz de transmitir conhecimentos em seu lugar? Se a resposta for sim, essa realidade está mais próxima do que se pensa, graças a uma nova tecnologia de inteligência artificial (IA).

O LabData, da FIA, desenvolveu uma nova plataforma que está transformando a maneira como as informações são transmitidas. Essa inovação, conhecida como tecnologia de clonagem virtual, está revolucionando a capacidade de representação em palestras virtuais, permitindo até mesmo a comunicação em diversos idiomas.

publicidade

A tecnologia opera como um clone seu, replicando o mesmo rosto e corpo, e apresenta a capacidade de falar em diversos idiomas. Entretanto, é crucial lembrar de utilizar essa tecnologia de maneira ética e transparente, assegurando que o público esteja ciente de que está interagindo com um clone virtual.

Para entender melhor o assunto, recebemos a professora Alessandra Montini, diretora do Laboratório de Análise de Dados da Fia Business School e colunista do Olhar Digital. Ela participou de um teste com o clone e compartilhou suas observações sobre o assunto.

publicidade

Inicialmente, temos que fazer algumas gravações. Então, colocamos uma câmera filmadora com alta definição para que ela consiga capturar a imagem e o gesto. Depois dessa etapa de gravação, colocamos esse vídeo para a inteligência artificial aprender até ficar perfeita.

Alessandra destaca a relevância da tecnologia, especialmente no campo da educação, enfatizando, no entanto, a importância do uso com cautela.

Na área de educação, cansa muito ficar gravando aula. Então, ele pode criar uma aula para mim, eu vou só calibrando, se eu gostei do texto, não gostei do texto. Ou seja, o professor vai poder descansar mais e será responsável pela curadoria. Mas, ela certamente será muito utilizada para mentir. Veja se você pegar um vídeo de qualquer pessoa na internet, um vídeo de 3 minutos, 5 minutos já é suficiente para que a gente consiga fazer uma clonagem. Então não dá para garantir nada, nós temos que ter muito cuidado, muita sabedoria.

Alessandra Montini, diretora do Laboratório de Análise de Dados da Fia Business School.

Confira a entrevista completa!