Uma descoberta de pesquisadores da Western Sydney University, na Austrália, pode representar um importante avanço no combate ao aquecimento global. Segundo o estudo, as plantas estão absorvendo cerca de 20% a mais de dióxido de carbono do que se pensava até então.

Leia mais

Efeito do aquecimento global

  • Ainda de acordo com a pesquisa, a capacidade de absorção de CO2 das plantas está sendo influenciada pelo próprio aquecimento do planeta.
  • Os cientistas acreditam que esse aumento do nível de dióxido de carbono capturado pela vegetação continue até, pelo menos, o final do século.
  • O estudo foi publicada na revista Science Advances.
  • As informações são da New Atlas.
(Imagem: darksoul72/Shutterstock)

Maior absorção de CO2

Os pesquisadores chegaram a conclusão usando uma modelagem ecológica realista. Eles adicionaram três fatores para atualizar o modelo atual, que consideraram impreciso: quão eficientemente o CO2 se move dentro de uma folha, como as plantas se ajustam às mudanças na temperatura ambiente e como distribuem os nutrientes de forma mais econômica.

O que descobrimos é que um modelo climático bem estabelecido que é usado para alimentar as avaliações climáticas globais pelo IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) prevê uma absorção de carbono mais forte e sustentada até o final do século 21, quando estendido para dar conta do impacto de alguns processos fisiológicos críticos que governam como as plantas conduzem a fotossíntese.

Jürgen Knauer, da Western Sydney University

Dessa forma, explicaram os cientistas, é possível analisar os efeitos do próprio aquecimento global na capacidade de absorção de CO2 das plantas. A forma mais complexa do modelo, apontada com a mais próxima da realidade, indicou que a vegetação poderia absorver cerca de 20% a mais de dióxido de carbono do que a fórmula mais simples previa.

publicidade

Consideramos aspectos como a eficiência com que o dióxido de carbono pode se mover pelo interior da folha, como as plantas se ajustam às mudanças de temperatura e como as plantas distribuem nutrientes de forma mais econômica em sua copa. Esses são três mecanismos de resposta da planta realmente importantes que afetam a capacidade de uma planta de capturar carbono, mas são comumente ignorados na maioria dos modelos globais.

Jürgen Knauer, da Western Sydney University

Pesquisas anteriores já haviam afirmado que as plantas potencializarão o processo de fotossíntese quando expostas a concentrações mais altas de CO2, desde que também tenham água suficiente para isso.

Apesar das descobertas significarem que a natureza está oferecendo uma maior ajuda no combate ao aquecimento global, os pesquisadores alertam que isso não é suficiente. Segundo eles, isso pode amenizar alguns efeitos das mudanças climáticas, mas não reverterá o atual quadro sem que sejam empreendidos esforços conjuntos mundiais para diminuir a quantidade de gases de efeito estufa liberados na atmosfera.