O Sunbird, o aplicativo que permite usar o iMessage da Apple no Android, foi suspenso temporariamente por “preocupações de segurança”.

Os usuários receberam um alerta que confirma a pausa do serviço por tempo indeterminado. Uma das suspeitas é de que as mensagens enviadas pelo serviço não são realmente criptografadas de ponta a ponta, informa o 9to5Google.

Leia mais:

O que é o Sunbird?

  • Lançado em 2022, o Sunbird é um aplicativo que permite enviar mensagens via iMessage em celulares Android.
  • O app não está disponível para todos e só podia ser usado por inscritos em uma lista de espera.
  • A proposta do serviço era justamente contar com mais recursos de privacidade, como não exibir anúncios, não coletar dados e oferecer criptografia de ponta a ponta.

Parceria com fabricante de celular

O movimento mais recente do Sunbird foi uma parceria com a marca de celulares Nothing, que resultou no lançamento do ‘Nothing Chats’. O serviço também permitia enviar mensagens de texto via iMessage no Phone 2, o aparelho mais recente da empresa, mas também foi retirado da Play Store apenas um dia após o lançamento oficial.

publicidade
Imagem: Divulgação/Nothing

A remoção da loja de aplicativos do Google coincide com uma postagem do Texts.blog que diz que mensagens enviadas via Sunbird realmente “podem não ser criptografadas de ponta a ponta”. 

O desenvolvedor Dylan Roussel também disse recentemente no X que o serviço armazena milhares de arquivos na nuvem, contrariando a afirmação de que não armazena dados fora dos seus próprios servidores: “O Sunbird tem acesso a todas as mensagens enviadas e recebidas no seu dispositivo”, afirma Dylan.

Conforme apontado pelo 9to5Google, o Sunbird ainda não comentou oficialmente qual foi a causa da suspensão do aplicativo: “Iremos atualizá-los quando estivermos prontos”, conclui a mensagem enviada aos usuários.