A Meta abriu a possibilidade para usuários experimentarem seus recursos de inteligência artificial (IA) pensados para os óculos inteligentes desenvolvidos em parceria com a Ray-Ban. É um acesso antecipado a uma fase inicial de teste.

Para quem tem pressa:

  • Acesso Antecipado a IA para Óculos Meta/Ray-Ban: A Meta está oferecendo a usuários nos EUA a oportunidade de experimentar recursos de inteligência artificial (IA) multimodais em óculos inteligentes desenvolvidos em parceria com a Ray-Ban, em uma fase inicial de teste;
  • Funcionalidades Demonstradas por Zuckerberg: Em um vídeo no Instagram, Mark Zuckerberg demonstrou o uso dos óculos para sugerir combinações de roupas e traduzir textos, destacando a capacidade dos óculos de descrever objetos e oferecer sugestões de moda;
  • Versatilidade dos Óculos Inteligentes: Os recursos de IA integrados também permitem interações diversas com o ambiente, como fornecer legendas para imagens e traduzir textos, conforme demonstrado em vídeo;
  • Demonstração Adicional pelo CTO Andrew Bosworth: O CTO também publicou um vídeo no Instagram mostrando como o assistente de IA consegue descrever precisamente objetos, como uma escultura de parede, e oferecer outros recursos, como ajudar a legendar fotos ou solicitar traduções e resumos.

A empresa anunciou que começará a implementar seus recursos de IA multimodais. Eles permitem ao assistente de IA integrado nos óculos interagir com o que é captado pela câmera e microfones do acessório.

Leia mais:

O período de teste destes recursos de IA será inicialmente limitado a um pequeno grupo de usuários nos Estados Unidos que escolherem participar do programa.

publicidade

IA para óculos inteligentes da Meta/Ray-Ban

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, demonstrou esses recursos num vídeo publicado no Instagram, umas das redes sociais da big tech. No vídeo, Zuckerberg utilizou os óculos para sugerir calças que combinassem com uma camisa, mostrando a capacidade dos óculos de descrever objetos e oferecer sugestões de moda.

Assista a demonstração abaixo:

Ele também exibiu outras funcionalidades, como a capacidade do assistente de IA de traduzir textos e fornecer legendas para imagens. A ideia foi ressaltar a versatilidade dos óculos inteligentes.

Zuckerberg já havia discutido esses recursos de IA multimodal para os óculos Ray-Ban numa entrevista com Alex Heath, do site de tecnologia The Verge, em setembro. Durante a conversa, o CEO enfatizou que o assistente de IA da Meta poderia ser usado para responder perguntas variadas dos usuários ao longo do dia.

Em outro exemplo, também publicado em vídeo no Instagram, o CTO Andrew Bosworth demonstrou como o assistente de IA descreveu com precisão uma escultura de parede, além de explicar outros recursos, como ajudar a legendar fotos ou pedir traduções e resumos.

Veja abaixo: