Alunos da Universidade de Stanford (EUA) desenvolveram uma Inteligência Artificial capaz de identificar o local onde uma foto foi tirada utilizando o banco de dados do Google Street View.

Leia mais

Batizada de Pigeon (Predicting Image Geolocations), a ferramenta teve uma taxa de acerto de 95% nos testes quando indagada sobre o país onde a imagem foi feita. No recorte micro, porém, a IA erra por alguns quilômetros na maioria das vezes. Mas também acertou.

Inspiração em um game

  • A IA foi criada por 3 amigos: Michal Skreta, Silas Alberti and Lukas Haas.
  • Eles precisavam apresentar um projeto de tecnologia na Universidade de Stanford e tinham um hobby em comum: gostavam do jogo GeoGuessr, no qual você precisa adivinhar onde ficam cenários no mundo todo.
  • A ideia era treinar um robô para ir bem no game.
  • E os jovens foram além! Não só criaram a ferramenta como também ela superou jogadores humanos experientes.
  • No desenvolvimento, os estudantes usaram o modelo de rede neural CLIP, da OpenAI, especializada em aprender conceitos visuais a partir de linguagem natural.

Para o bem e para o mal

Os jovens decidiram não comercializar o projeto. Pelo menos não por enquanto. Escreveram apenas um artigo científico sobre a iniciativa e explicaram: tornar o Pigeon público, hoje, traria mais malefícios do que benefícios.

publicidade

É verdade que uma ferramenta dessas poderia identificar estradas que precisam de reparo. Ou até mesmo auxiliar biólogos a estudar a fauna e a flora de uma região. Ou um turista descobrir seu próximo destino.

Do outro lado, porém, o Pigeon poderia colocar vítimas de stalkers em perigo. Governos poderiam usar a IA para espionagem. Ou até mesmo criminosos para monitorar áreas de interesse.

A discussão é válida e não se limita apenas ao Pigeon. A privacidade nas redes e as regras entorno da Inteligência Artificial são temas urgentes para a sociedade moderna.

E os governos e desenvolvedores precisam sempre estar atentos à segurança. Vide o caso mais recente aqui no Brasil. O Ministério da Justiça acabou de lançar um app para bloquear celulares em caso de furto ou roubo.

Em poucas horas de funcionamento, porém, apareceram inúmeros relatos de fraudes e de criminosos aplicando golpes…

Mais informações sobre o Pigeon no portal NPR.