Um avião de carga Atlas Air Boeing 747-8BA.N realizou pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Miami devido à falha no motor logo após a decolagem. A tripulação seguiu todos os procedimentos e levou a aeronave em segurança de volta ao aeroporto.

Não há relatos de feridos e os bombeiros do condado de Miami foram mobilizados para o local. Imagens não confirmadas mostraram chamas saindo da asa esquerda da aeronave durante o voo.

Vídeo relacionado

Leia mais:

Pouso forçado

  • Segundo a CNN, a Boeing se recusou a comentar o caso, assim como a FAA e a General Electric;
  • Desde o incidente com um avião da Alaska Airlines em janeiro, a Boeing vem enfrentando uma crise.
  • A FAA suspendeu temporariamente voos com 171 aeronaves para verificações de segurança após o incidente;
  • As ações da Boeing caíram aproximadamente 15% desde então.

No início do ano passado, a Boeing encerrou a produção do icônico avião 747, entregando o último exemplar à Atlas Air, marcando o fim de uma era em que o “jato jumbo” dominava os céus.

publicidade

Boeing pede inspeção de todos os jatos 737 Max; entenda

A Boeing solicitou na última sexta-feira, 29 de dezembro, que as companhias aéreas inspecionem todos os jatos 737 Max. O motivo é um possível parafuso solto no sistema de controle do leme, informaram a fabricante da aeronave e a Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA).

O que aconteceu

  • O pedido chega após operadora internacional encontrar um parafuso sem porca durante uma manutenção de rotina. 
  • Em outro caso, a Boeing também descobriu uma aeronave não entregue que tinha uma porca não devidamente apertada.
  • “Por precaução, recomendamos que os operadores inspecionem os seus aviões 737 MAX e nos informem de quaisquer descobertas”, disse a empresa em comunicado.

Leia a matéria completa aqui