Um dodecaedro romano em estado de preservação quase perfeito foi encontrado na Inglaterra. O objeto de 12 lados ficou enterrado por cerca de 1.700 anos e foi localizado no vilarejo de Norton Disney, condado de Lincolnshire. Apesar deste tipo de descoberta não ser rara, os historiadores não sabem ao certo como a peça era utilizada na era romana.

Leia mais

O mistério do dodecaedro

O dodecaedro em questão é considerado maior do que os outros que já foram encontrados. No total, mais de 100 peças do tipo já foram desenterradas em toda a Europa nos últimos 200 anos.

Estes objetos datam entre os séculos I e III d.C. e só foram encontrados em antigos territórios do norte do Império Romano.

publicidade

Cada dodecaedro é diferente, tendo tamanhos diversos em cada faze, mas geralmente são feitos de bronze. Eles não têm nenhum tipo de inscrição e não há nenhum relato sobre os dodecaedros nos escritos romanos. Por isso, os arqueólogos não sabem explicar como estes materiais teriam sido usados pelos romanos.

Uma das teorias é a de que os dodecaedros eram brinquedos. Outra aponta que na verdade eram dispositivos usados pela artilharia romana.

Além disso, muitos estudiosos acreditam que as peças tinham um significado religioso e podem ter sido usados para adivinhação, por exemplo, ou para feitiçaria. Alguns deles foram encontrados em sepulturas, o que reforça essa ideia, embora não haja nenhuma evidência maior neste sentido. As informações são da Live Science.

Dodecaedro romano (Imagem: Norton Disney History and Archaeology Group)

Novas escavações no local

  • A mais recente descoberta também tem uma especificidade.
  • Foi uma das poucas vezes que um dodecaedro romano foi encontrado em seu contexto arqueológico.
  • Muitos outros objetos foram desenterrados por pessoas que usaram detectores de metais e entregues mais tarde para pesquisadores, longe dos locais onde foram encontrados.
  • Por isso, essa descoberta pode acabar trazendo mais informações sobre o objeto e o uso feito dele pelos romanos.
  • Até agora, arqueólogos encontraram artefatos da Idade do Ferro perto da vila que antecedem o domínio de Roma e centenas de peças de cerâmica romana dos séculos II e III d.C.
  • Toda a Inglaterra e o País de Gales tornaram-se províncias romanas depois de 43 d.C., quando as legiões do imperador Cláudio invadiram a região.
  • O domínio romano continuou até cerca de 410 d.C., quando a maioria das legiões partiu para defender a Europa continental de invasões bárbaras e os territórios britânicos foram praticamente abandonados.