A Microsoft divulgou seus resultados fiscais do segundo trimestre de 2023 nesta terça-feira (30). E sua receita superou as estimativas de Wall Street, conforme novos recursos de inteligência artificial (IA) ajudaram a atrair clientes para o Windows e serviços de nuvem da empresa.

Para quem tem pressa:

  • A Microsoft anunciou um aumento impressionante na sua receita do segundo trimestre de 2023: US$ 62 bilhões (cerca de R$ 307 bilhões), o que ultrapassou as expectativas de Wall Street. Crescimento foi impulsionado pelo sucesso dos novos recursos de IA, que atraíram mais clientes para os seus produtos Windows e serviços baseados em nuvem;
  • O desempenho financeiro da Microsoft no último trimestre registrou a maior receita trimestral na história da empresa pelo quinto trimestre consecutivo. Esse período de sucesso coincide com o crescente interesse em IA e a introdução do ChatGPT da OpenAI, apoiada pela Microsoft;
  • Comparando os lucros trimestrais, a Microsoft registrou US$ 21,9 bilhões (aproximadamente R$ 108 bilhões) no final de dezembro de 2023, um pouco menos do que os US$ 22,3 bilhões (cerca de R$ 110 bilhões) do trimestre anterior. Apesar dessa pequena diminuição, os lucros ainda mostram um aumento significativo de cerca de 30% em comparação anual.

A receita cresceu 18%, para US$ 62 bilhões (aproximadamente R$ 307 bilhões), no trimestre encerrado em 31 de dezembro, segundo a Reuters. A média entre as estimativas dos analistas era de U$ 61,12 bilhões (R$ 303 bilhões), segundo a LSEG, empresa especializada na bolsa de valores e informações financeiras. E seus ganhos de US$ 2,93 por ação superaram as previsões de US$ 2,77.

Leia mais:

Receita da Microsoft

Ilustração de tecla Copilot num computador com IA
(Imagem: Microsoft)

A Microsoft apresentou sua melhor receita trimestral de todos os tempos pelo quinto trimestre consecutivo, período que coincide diretamente com uma explosão no interesse dos investidores em IA e a estreia do ChatGPT da OpenAI, apoiada pela Microsoft. As vendas em alta superaram o recorde do trimestre anterior de US$ 56,5 bilhões (R$ 280 bilhões), marcando um aumento de 18% ano a ano.

publicidade

No entanto, os lucros foram ligeiramente menores no último trimestre. No trimestre encerrado em dezembro de 2023, o lucro líquido da empresa de Bill Gates foi de US$ 21,9 bilhões (R$ 108 bilhões), enquanto no trimestre encerrado em setembro o lucro foi de U$ 22,3 bilhões (R$ 110 bilhões). Por outro lado, os lucros permaneceram cerca de 30% maiores numa base anual.

Microsoft vs Apple

microsoft e apple
(Imagem: FellowNeko/Shutterstock)

O valor de mercado da Microsoft ultrapassou US$ 3 trilhões (R$ 15 trilhões) pela primeira vez na semana passada e foi a empresa mais valiosa do mundo no fechamento do mercado na terça-feira. 

A avaliação da Microsoft superou por pouco a da Apple. A empresa de Tim Cook manteve o título de empresa mais valiosa do mundo pela maior parte dos últimos três anos, até a Microsoft recuperar o trono no começo de janeiro. 

A Microsoft, com sede em Washington, tem desfrutado de um renascimento em Wall Street, em grande parte devido à posição da empresa de tecnologia tradicional como líder do movimento mais amplo de IA.