As redes sociais já fazem parte do dia a dia das pessoas. Mas diferentemente do que poderia se pensar, este não é um fenômeno restrito a apenas o Brasil. Segundo pesquisa da Kepios, mais da metade da população mundial faz uso diário das ferramentas.

Leia mais

Facebook é a rede social mais utilizada no planeta

  • De acordo com o levantamento, foram 5,04 bilhões de pessoas ativas nas redes sociais em 2023.
  • Isso significa que 62,3% da população global acessa regularmente as plataformas.
  • A liderança mundial é do Facebook, com impressionantes três bilhões de usuários.
  • Instagram, com 2 bilhões de usuários, ficou na segunda colocação, tecnicamente empatado com o WhatsApp.
  • A pesquisa comprova o domínio da Meta, dona das três empresas líderes do ranking.
  • No entanto, alguns analistas apontam que o YouTube pode ter o maior número de usuários ativos do planeta.
  • O problema é que o Google não divulga números oficiais sobre a quantidade de usuários.
Facebook é a rede social mais utilizada no mundo (Imagem: Bastian Riccardi/Unsplash)

Redes sociais têm espaço para crescer ainda mais, diz estudo

Ainda segundo a pesquisa da Kepios, os Emirados Árabes Unidos têm o maior número de usuários de redes sociais proporcionalmente à sua população, seguido por Bahrein e Kuwait. Já a Coreia do Norte, cuja população enfrenta várias restrições, inclusive com bloqueios no acesso à internet, não tem nenhum cidadão com presença online levado em conta pelo levantamento.

Os números também mostram um crescimento de 5,6% no uso de redes sociais pela população global na comparação com janeiro de 2023. O tempo total de uso, no entanto, caiu para cerca de 2h23 por dia.

publicidade

O Brasil aparece na lista como o segundo colocado em quantidade de contas por cidadão, com uma média de oito perfis usados regularmente em plataformas de redes sociais ou mensagens, atrás apenas dos Emirados Árabes Unidos, com média de 8,3, e empatados com as Filipinas.

Sobre as atividades preferidas das pessoas na internet, 94,7% afirmaram que se conectam para conversar, enquanto as redes sociais são as preferidas de 94,3%. As ferramentas de busca e portais aparecem em terceiro (80,7%), seguidas de e-commerce (74,3%) e mapas ou localização (54,4%).

O estudo ainda apontou que as redes sociais são a atividade preferida de jovens entre 16 e 24 anos de idade. No total, 53,5% dos usuários totais são homens e 46,5% mulheres.

Segundo a Kepios, a projeção que a quantidade de pessoas que usam as redes sociais aumente ainda mais no futuro. Isso porque 94,2% da população mundial utiliza a internet regularmente, mas apenas dois terços fazem uso das ferramentais regularmente.