A estrutura de um Boeing 727-200F, fabricado nos Estados Unidos em 1979, vai virar uma pista de dança em Camboriú (SC), no Surreal Park, complexo de entretenimento, que costuma abrigar eventos de música eletrônica. O local, que fica a 90 quilômetros de Florianópolis, recebeu a estrutura nos últimos dias através de um caminhão, vindo do Aeroporto Internacional Afonso, em Curitiba, no Paraná – o que chamou a atenção de muitos motoristas pelo caminho e rendeu vários vídeos nas redes sociais.

Segundo o Surreal Park, a nova atração terá capacidade para 300 pessoas na parte interna e duas mil na parte externa, no deck, embaixo das asas. O bar do local irá funcionar como um ponto elevado de dança e dará vista para os arranha-céus de Balneário Camboriú, cidade vizinha.

Avião pista de dança em Camboriu 2
Imagem: Surreal Park/Reprodução

Segundo a equipe do Surreal Park, o avião estava armazenado em um galpão do aeroporto paranaense e a empresa precisou pedir uma autorização para contar com a “sucata” em seu complexo. O veículo chegou a ser retido, ainda no Paraná, devido a algumas pendências no transporte e autorização para o deslocamento. Mas, depois de alguns dias, foi liberado para chegar ao destino final. As asas virão em uma segunda remessa.

Leia mais:

publicidade

O local em que o avião ficará fixado deve ter uma iluminação potente. O projeto, assinado por Fabiano Tamburus, terá fitas LED oito vezes mais fortes que as padrão. O avião, que ainda passará por uma reforma, tem expectativa de inauguração para junho de 2024.

No vídeo abaixo, a Surreal Park divulga que o projeto foi idealizado pelo produtor e empresário Renato Ratier e mostra imagens da projeção. Confira a nova pista de dança em Camboriú: