O Apple Vision Pro acabou de ser lançado, e parece já estar ditando a postura de outras empresas que poderão adaptar seus serviços para que o headset de realidade virtual e aumentada funcione com perfeição em seus aplicativos. É o caso do YouTube, que planeja que seu app aceite o Vision Pro com total compatibilidade, permitindo que seu uso se dê além do Safari, o navegador da Apple.

Leia mais:

“Estamos animados com o lançamento do Vision Pro e vamos apoiá-o ao garantir que os usuários do YouTube tenham uma boa experiência no Safari. Não temos nenhum plano para compartilhar agora, mas podemos confirmar que um app para o Vision Pro está em nosso roteiro”, comunica Jessica Gibby, porta-voz do YouTube, ao portal The Verge.

O curioso é que se trata de uma declaração que ocorre depois de YouTube, Spotify e Netflix se recusarem a permitir que seus aplicativos para iPad sejam executados no Vision Pro antes do lançamento do aparelho. Na última vez que o YouTube foi perguntando a respeito, não houve menção de um aplicativo que o Vision Pro suportasse. Então, a empresa demonstrou uma mudança rápida de postura.

publicidade

Gibby não deu uma data para que o “roteiro” de ter um app para Vision Pro seja colocado em prática. Será preciso esperar para ver o que o YouTube tem em mente. O aplicativo poderia apenas ajustar o aplicativo para iPad, onde o Vision Pro roda, ou pode trazer novos recursos.

Compatibilidade com vídeos 360 do YouTube não foi resolvida

  • Há algo que o YouTube e a Apple precisam resolver, mas que não foi comentado até o momento.
  • É preciso descobrir como ajustar o Vision Pro para poder reproduzir a vasta biblioteca de vídeos 360 e VR do YouTube.
  • O YouTube tem suporte 3D desde 2011 e suporte 360 desde 2016, mas nada disso funciona no Vision Pro.

Em contato com o The Verge, um porta-voz da Apple, Jackie Roy, comentou que os vídeos dessas bibliotecas não têm qualidade o suficiente para reprodução no Vision Pro.

“Muito desse conteúdo foi criado para dispositivos que não oferecem uma experiência espacial de alta qualidade. Em alguns casos, este conteúdo também pode causar desconforto de movimento. Concentramos nossos esforços em oferecer a melhor experiência de mídia espacial possível, incluindo fotos e vídeos espaciais, Apple Immersive Video e filmes 3D disponíveis na Apple TV”, afirma Roy.

Enquanto já é possível usar o Vision Pro para consumir o YouTube através do Safari, resta esperar um tempo ainda indeterminado para descobrir o que pode mudar com o uso do headset diretamente no app de reprodução de vídeos.