O Android, já há algum tempo, por configuração, oferece aos aplicativos a capacidade de usar toda a altura e largura da tela, ou seja, ir de ponta a ponta. Contudo, muitos aplicativos não aproveitam isso. Algo que aparentemente pode mudar com o lançamento do Android 15, que está prestes a forçar alguns aplicativos a irem de ponta a ponta por padrão.

Leia mais:

Informações do site Android Authority mostram que, para o uso do recurso ponta a ponta, é necessário que os apps aceitem a implementação de algumas APIs.

Isso ocorre porque desenhar a interface do usuário atrás da barra de navegação e da barra de status (também conhecidas como “barras do sistema”) pode não fazer sentido para todos os aplicativos, especialmente se houver elementos interativos, como botões, que se sobrepõem às barras do sistema.

publicidade

O fato de uma configuração como essa ser necessária mostra por que o Google até agora optou por não impor esse comportamento a todos os aplicativos. Afinal, nem todos estão configurados para se encaixar numa exibição de 100% de tela, e talvez nem fizesse sentido usar esse recurso em alguns deles.

Como isso fica no Android 15

  • Vai mudar? Bom, já existem códigos nas versões mais recentes do Android 14 indicando que o sistema operacional pode impor esse comportamento para aplicativos direcionados à próxima versão do Android.
  • Quais programas se beneficiariam disso e quais seriam prejudicados? O uso completo da tela parece ser uma vantagem em aplicativos onde há bastante texto, mas existem outros que não necessitariam do recurso.
  • O Google, até o momento, não se posicionou oficialmente para dizer se, de fato, o Android 15 vai forçar essa configuração em seus Apps.