A popularidade dos veículos elétricos (EVs) tem crescido exponencialmente nos últimos anos, e com ela surgem preocupações sobre a melhor maneira de gerenciar e prolongar a vida útil das baterias de alta voltagem desses veículos e de quando carregar a bateria do carro. Entenda agora boas práticas para manter a saúde da bateria, os momentos ideais para carga e muito mais.

Leia também:

Entendendo a degradação da bateria

A degradação da bateria em carros elétricos é um processo complexo influenciado por uma série de fatores físicos e químicos, entre eles o momento de carregar a bateria, por exemplo. Para entendermos melhor esse fenômeno, é essencial analisarmos as mudanças que ocorrem dentro de cada célula da bateria ao longo do tempo.

As baterias de íon de lítio, amplamente utilizadas em veículos elétricos, são compostas por células individuais. Cada célula contém eletrodos positivos (ânodos) e negativos (cátodos), separados por um eletrólito. Durante o processo de carga e descarga, íons de lítio movem-se entre os eletrodos, gerando corrente elétrica.

publicidade

Ao longo do tempo, ocorre a degradação da bateria, que pode ser causada por vários fatores, incluindo:

  • Formação de passivação: Com o tempo, uma camada de passivação pode se formar nos eletrodos da bateria. Essa camada diminui a eficiência do processo de carga e descarga, reduzindo a capacidade total da bateria.
  • Ciclagem de carga e descarga: Cada ciclo de carga e descarga causa um leve desgaste nos materiais das células da bateria. Com o tempo, esse desgaste acumulado reduz a capacidade da bateria.
  • Reações químicas indesejadas: Durante o processo de carga, reações químicas indesejadas podem ocorrer nos eletrodos da bateria, levando à formação de produtos secundários que comprometem o desempenho da bateria.
  • Efeitos da temperatura: Temperaturas extremas, tanto altas quanto baixas, podem acelerar a degradação da bateria. Temperaturas elevadas podem aumentar a taxa de reações químicas indesejadas, enquanto temperaturas baixas podem reduzir a eficiência do processo de carga e descarga.
carro elétrico carregar bateria no frio
Imagem: Tricky_Shark/Shutterstock

Apesar desse desgaste ser natural, existem três principais medidas que os proprietários de carros elétricos podem adotar para minimizar a degradação da bateria:

  1. Evite armazenar o EV em altas temperaturas com a bateria totalmente carregada: Temperaturas elevadas podem acelerar o processo de degradação da bateria, portanto, evitar deixar o veículo estacionado sob o sol escaldante por longos períodos com a bateria carregada é crucial para preservar sua vida útil.
  2. Não espere a bateria descarregar completamente antes de recarregar: Ao contrário das baterias de íon de lítio convencionais, é recomendável não esperar que a bateria do carro elétrico atinja uma carga mínima antes de recarregar. Carregar a bateria antes que ela atinja níveis críticos de descarga pode ajudar a prolongar sua vida útil.
  3. Evite carregar a bateria até 100% rotineiramente: Carregar a bateria do seu carro elétrico até 100% regularmente pode acelerar a degradação da bateria. É aconselhável manter a carga entre 20% e 80% sempre que possível para reduzir o desgaste da bateria a longo prazo.

É importante ressaltar que essas dicas se aplicam principalmente às baterias de íon de lítio de Níquel Manganês Cobalto (NMC), e não as de Fosfato de Ferro e Lítio (LFP). As baterias LFP podem ser recarregadas regularmente até 100% sem preocupações significativas com a degradação.

Estratégias de carregamento eficazes

Agora que entendemos as principais medidas para minimizar a degradação da bateria, surge a pergunta: quando é o momento ideal para carregar a bateria do carro elétrico? Aqui estão algumas estratégias para otimizar o desempenho e a vida útil da bateria:

Carregar a bateria diariamente ou após viagens longas?

Muitos proprietários de carros elétricos se perguntam se devem carregar a bateria diariamente ou apenas após viagens longas. A resposta depende de vários fatores, incluindo a frequência e a distância das viagens, bem como a disponibilidade de estações de carregamento.

  • Carregamento diário: Se você utiliza o carro diariamente e tem acesso conveniente a uma estação de carregamento, é recomendável recarregar a bateria todas as noites, especialmente se ela estiver abaixo de 80% de carga. Isso ajuda a manter a bateria em um estado ideal de carga e reduz a necessidade de carregamento até 100%.
  • Após viagens longas: Se você realizou uma viagem longa que esgotou significativamente a carga da bateria, é aconselhável recarregá-la assim que possível, mesmo que não tenha atingido níveis críticos de descarga. Evitar deixar a bateria com níveis muito baixos de carga ajuda a preservar sua vida útil.

Monitorando o nível de carga da bateria

Uma prática recomendada é monitorar regularmente o nível de carga da bateria do seu carro elétrico. Muitos veículos elétricos estão equipados com medidores de carga que fornecem informações precisas sobre o estado atual da bateria. Ao acompanhar o nível de carga, você pode agir proativamente para recarregar a bateria quando necessário e evitar descargas profundas que podem prejudicar sua saúde a longo prazo.

carros elétricos
Imagem: Quality Stock Arts / Shutterstock

Carregamento rápido vs carregamento de nível 2

A questão do carregamento rápido versus carregamento de nível 2 é frequentemente debatida entre os proprietários de carros elétricos. Estudos mostraram que o carregamento rápido não tem um impacto significativo na taxa de degradação da bateria em comparação com o carregamento de nível 2.

De acordo com um estudo publicado recentemente, veículos elétricos que são carregados rapidamente pelo menos 90% do tempo mostram quase nenhuma diferença na degradação da autonomia em comparação com os veículos que são carregados rapidamente menos de 10% do tempo. Portanto, se você tem acesso a carregadores rápidos, pode usá-los sem preocupações significativas com a saúde da bateria.

Em resumo, a questão de quando carregar a bateria do carro elétrico envolve uma série de considerações, incluindo a temperatura ambiente, a frequência de uso do veículo e as práticas de carregamento. Seguir as medidas recomendadas para minimizar a degradação da bateria, como evitar armazenamento em altas temperaturas, não esperar a bateria descarregar completamente antes de recarregar e evitar o carregamento até 100% rotineiramente, pode ajudar a prolongar a vida útil da bateria e manter a autonomia do veículo ao longo do tempo.

Ao adotar estratégias de carregamento eficazes e monitorar regularmente o estado da bateria, os proprietários de carros elétricos podem desfrutar de uma experiência de condução mais confiável e prolongar a vida útil de um dos componentes mais importantes de seus veículos.