A OpenAi, a empresa por trás do ChatGPT, apresentou nesta quinta-feira (15) um novo sistema alimentado por IA capaz de criar vídeos curtos realistas quase instantaneamente.

A novidade é inspirada em uma tecnologia apresentada em 2023 pela startup Runway AI, que permitia gerar vídeos baseados em frases digitadas pelos usuários. A diferença é que a versão da OpenAI não gera conteúdo borrado ou distorcido, mas sim clipes que “parecem retirados de grandes produções de Hollywood”, aponta o The New York Times.

Leia mais:

OpenAI Sora

  • A OpenAI batizou o novo sistema de Sora (céu em japonês), nome que, segundo os criadores, “evoca a ideia de potencial criativo ilimitado”.
  • O sistema pode criar vídeos realistas de até 60 segundos.
  • Nada foi divulgado ao público antes porque a empresa estava avaliando os riscos da tecnologia.
  • Por isso, o Sora será liberado primeiro para um pequeno grupo de acadêmicos e pesquisadores, que vão identificar potenciais formas de uso indevido.
  • “A intenção é dar uma prévia do que está por vir, para que as pessoas possam ver as capacidades desta tecnologia”, diz a companhia.

Um dos exemplos de vídeo criado com a nova IA mostra a cidade de Tóquio, no Japão: “A câmera se move pelas movimentadas ruas da cidade, acompanhando diversas pessoas aproveitando o lindo clima de neve e fazendo compras nas barracas próximas. Lindas pétalas de sakura estão voando ao vento junto com flocos de neve”, diz a descrição da OpenAI.

publicidade

Confira o resultado abaixo:

“Um trailer de filme apresentando as aventuras de um homem espacial de 30 anos usando um capacete de motocicleta tricotado de lã vermelha, céu azul, deserto, estilo cinematográfico, filmado em filme 35mm, cores vivas”, diz o prompt do vídeo acima.

A OpenAI diz que vai marcar todos os vídeos produzidos pelo Sora com marcas d’água que os identificam como gerados por IA. O novo sistema, assim como outros similares, aprende analisando dados, neste caso, vídeos e legendas de descrição. Por ora, a empresa não revelou quantos vídeos o sistema usou no treinamento (ou se o processo também incluiu vídeos licenciados protegidos por direitos autorais).

Vale destacar que a OpenAI, que também criou o gerador de imagens estáticas DALL-E, está entre as empresas que correm para lançar geradores de vídeos instantâneos, bem como Google e Meta. A tecnologia promete auxiliar nas produções de cinema, mas pode gerar discussão e talvez substituir eventualmente o trabalho de artistas digitais.