Caso os veículos elétricos se tornem maioria um dia, a queda na emissão de gases poluentes seria uma boa notícia para a nossa saúde. Um relatório da American Lung Association vai além e diz que essa mudança seria especialmente benéfica para crianças, sobretudo as que são vulneráveis a doenças respiratórias. As projeções que você verá a seguir têm como base os Estados Unidos.

O impacto para a saúde infantil em números

  • O estudo, que avaliou uma hipótese em que todos os veículos novos vendidos até 2035 têm emissões zero, foi capaz de concluir que nesse cenário haveria menos 2,7 milhões de ataques de asma entre as crianças, bem como menos 147 mil casos agudos de bronquite.
  • Um mundo onde só se vende carros elétricos também poderia prevenir cerca de 2,67 milhões de casos de sintomas respiratórios superiores e 1,87 milhões de casos de sintomas respiratórios inferiores em crianças.
  • Outro dado constatado é que haveria 508 casos a menos de mortalidade infantil.

Laura Kate Bender, vice-presidente nacional assistente da American Lung Association, comentou ao The Verge como o corpo das crianças se desenvolve a um ritmo diferente do dos adultos, e, portanto, o impacto de uma dominância dos veículos elétricos seria ainda maior nelas.

“As crianças correm maior risco de poluição do ar, já que os seus pulmões ainda estão crescendo. Posso dizer que, como uma pessoa que cresceu com asma, isso me colocou no pronto-socorro com mais frequência do que acho que meus pais gostariam”, disse Laura.

Os veículos com motor a combustão contribuem para alterações climáticas, sendo responsáveis por mais de um quarto de todas as emissões globais. Esse fato tem feito muitos governos pelo mundo acelerar a transição para veículos elétricos.

publicidade

Leia mais:

Ao ser questionada se vê os carros elétricos como a solução ideal para um futuro com zero emissão de gases, Bender foi categórica: “Vejo os carros elétricos e a emissão zero como inseparáveis. É assim que você obtém os maiores benefícios possíveis para a saúde.”

Uma realidade onde se vende exclusivamente veículos elétricos ainda parece difícil, especialmente porque a procura por automóveis dessa natureza ainda oscila, devido aos preços elevados e às preocupações com a disponibilidade e segurança dos pontos carregamento.

Ainda assim, as vendas dos EVs têm aumentado de forma constante ano após ano, a ponto de terem representado pouco mais de 8% de todas as vendas de veículos em 2023.