O novo Renault Kwid elétrico foi apresentado esta semana na Europa pela Dacia, subsidiária da montadora francesa. O modelo 2025 do hatchback recebeu visual totalmente repaginado e será vendido no mercado europeu como Dacia Spring.

Por fora, o compacto ficou mais “parrudo”. O interior também está mais completo e com direito a mais sistemas de assistência ao motorista.

Leia mais:

O que muda no Kwid 2025?

  • O painel foi redesenhado pela empresa. Além do quadro de instrumentos digital de 7″, o console conta com uma nova central multimídia de 10″ com Android Auto e Car Play sem fio.
  • A Renault também incluiu regulagem de altura no volante, uma nova alavanca de câmbio e mais compartimentos para aguardar objetos.
  • O porta-malas, por sua vez, possui 308 litros de capacidade (contra 292 do Kwid anterior). Com o banco traseiro rebatido, são 1.004 litros disponíveis.
  • No exterior estão as mudanças mais notáveis. O elétrico continua com os mesmos 3,73 m de comprimento, mas recebeu um facelift completo com aparência mais robusta.
Interior do novo Dacia Spring, o Kwid europeu. Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Bateria, autonomia e desempenho

A bateria do Kwid europeu continua com a mesma capacidade de 26,8 kWh, o suficiente para rodar até 220 km por carga, segundo a Renault. O veículo suporta recarga em corrente alternada de até 7 kW, ou até 30 kW no carregador de corrente contínua opcional.

publicidade

O motor elétrico dianteiro também permanece igual, com versões de 45 ou 65 cavalos.

Preço e disponibilidade

O Kwid europeu não deve ultrapassar a barreira dos 20 mil euros, cerca de R$ 107 mil na cotação atual. A pré-venda está marcada para o segundo trimestre no Velho Continente, com entregas começando entre junho e setembro deste ano.

Serão dois acabamentos vendidos, o Expression e Extreme. A lista de sistema de segurança inclui: alerta de sonolência ao volante, de limite de velocidade, frenagem automática e alerta de permanência de faixa.

Vale lembrar que o irmão mais velho, o Kwid E-TECH, ficou mais barato no Brasil este mês como resposta ao lançamento do Dolphin Mini, saindo a partir de R$ 99.990. É esperado que o modelo renovado também chegue por aqui.