A Toyota vai anunciar investimento de R$ 11 bilhões no Brasil nesta terça-feira (05), em Sorocaba (SP). Pelo menos, é o que disse o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), no X (antigo Twitter) no domingo (03).

Para quem tem pressa:

  • A Toyota planeja anunciar um investimento de R$ 11 bilhões no Brasil durante evento em Sorocaba (SP) nesta terça-feira (05), conforme adiantado pelo vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Geraldo Alckmin (PSB);
  • Segundo o ministro, o investimento vai gerar dois mil empregos e viabilizar o lançamento de mais modelos da Toyota no país, reforçando a presença da marca japonesa no mercado automotivo brasileiro;
  • Ainda de acordo com Alckmin, o anúncio do investimento virá graças aos programas Mover e Combustível do Futuro, do governo federal, que promovem a sustentabilidade e a descarbonização da mobilidade no Brasil.

Segundo o ministro, o investimento da empresa japonesa, que tem fábrica em Sorocaba, está previsto para os “próximos anos”. Alckmin também apontou que o investimento vai gerar dois mil empregos e lançamentos de mais modelos da marca no país.

Leia mais:

Investimentos da Toyota no Brasil

toyota
Imagem: ArDanMe/Shutterstock

A Toyota desembarcou no Brasil há 66 anos e, desde então, “vem contribuindo enormemente para o adensamento das nossas cadeias produtivas”, escreveu Alckmin em sua postagem no X.

publicidade

Para o ministro, o anúncio do investimento virá graças aos programas Mover e Combustível do Futuro, do governo federal. Ainda sobre o investimento, Alckmin aponta ser “uma demonstração clara da confiança dessa grande empresa japonesa em nossa economia”.

inovação
Vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Geraldo Alckmin (Imagem: Paulo Pinto/Agência Brasil)

Por fim, a postagem do ministro afirma que os programas do governo citados promovem “grandes investimentos para descarbonizar sua mobilidade, tornando ainda mais sustentável nossa matriz energética”.

A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) estimou, no começo de fevereiro, que o setor automotivo deve investir cerca R$ 100 bilhões no Brasil até 2029. A estimativa da associação também levou em conta os fabricantes de autopeças.