Toda semana, no Programa Olhar Espacial, estudantes ligados a projetos astronômicos de todo o Brasil escolhem duas imagens que se destacaram na semana que passou. E na última semana, as escolhas foram feitas por estudantes do Clube de Ciências Online Nicolinha & Kids. Confiram:

O Caçador Sobre a Montanha

[ Créditos: Marcin Ślipko ]

Yasmim Santos Silva, no 6° semestre do Curso Técnico de Química do IFCE em Fortaleza, escolheu essa bela fotografia que registra a Constelação de Órion, o Gigante Caçador, com uma incrível riqueza de detalhes, nascendo por trás do monte  Śnieżka, na Polonia.  A olho nu, em um local escuro, um observador com vista saudável pode enxergar facilmente grande parte das estrelas visíveis na imagem além da Grande Nebulosa de Órion, que aparece pequena e rosada acima do pico da montanha. Todo o restante das grandes, brilhantes e avermelhadas nebulosas, só são possíveis de serem vistas aqui, graças a elaborados processos de aquisição e tratamento das imagens, que resulta em uma única fotografia que registra toda a beleza e grandiosidade desta riquíssima região do céu noturno.

Original em: https://apod.nasa.gov/apod/image/2401/OrionRising_Slipko_2048.jpg 

publicidade

A Borboleta Azul

[ Créditos: NASA/ESA/J. Kastner ]

Íris Eduarda Forcel Roncada, no 9° ano da Escola Professor José Toledo de Mendonça em Itápolis, São Paulo, escolheu essa fantástica imagem que retrata a nebulosa NGC 6302, também conhecida como Nebulosa da Borboleta. Este incrível registro captou a nebulosa em várias faixas do espectro desde o ultravioleta até o infravermelho próximo, permitindo aos astrônomos observar nuances que ajudam a explicar a origem do formato tão peculiar da Nebulosa da Borboleta. A estrela no centro da nuvem de gás é a responsável pela aparência da nebulosa. Em seus últimos momentos de vida, ela está lançando no espaço os gases aquecidos de suas camadas mais externas que acabam formando as asas da borboleta Esses jatos lançados em diferentes momentos e com diferentes velocidades formam toda a estrutura emaranhada da nebulosa. A Nebulosa da Borboleta está localizada a cerca de 3 mil anos-luz de distância, na direção da Constelação do Escorpião. 

Original em: https://stsci-opo.org/STScI-01EVSTBRXP0R1JY17YXVW0F0AM.png 

Quem escolheu

Tanto a Yasmim quanto a Íris, são membros do Clube de Ciências Online Nicolinha & Kids, que reúne meninos e meninas de todo o Brasil para aprender mais sobre astronomia e outras ciências. A iniciativa de criação do clube foi de Nicole Semião, a Nicolinha, considerada a mais jovem astrônoma do mundo e que recebeu o prêmio internacional de Criança Prodígio 2022 pelo Global Child Prodigy Awards. Atualmente, o Clube da Nicolinha conta com mais de 150 participantes de todo o Brasil e alguns brasileiros em outros países.

[ Alguns dos membros do clube durante uma aula sobre impactos de asteroides com os Professores Marcelo Zurita e Marcelo Adorna – Imagem: Clube de Ciências Online Nicolinha & Kids ]