Um monomotor da Polícia Federal (PF) caiu no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte (MG), na tarde desta quarta-feira (5) instantes após decolar. Os motivos da queda ainda estão sendo investigados. Dois passageiros morreram e um ficou ferido.

O modelo da aeronave já esteve envolvido em acidentes anteriores, incluindo uma queda, no ano passado.

publicidade

Leia mais:

Queda do monomotor

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o avião decolou normalmente, mas perdeu altitude pouco depois e caiu na lateral da pista, às 14h14. Depois da queda, o monomotor pegou fogo.

publicidade

Segundo o tenente Henrique Barcellos, nas imagens do voo, foi possível perceber uma tentativa de retorno após a decolagem.

Os policiais federais José Moraes Neto e Guilherme de Almeida Irber, de Brasília (DF), morreram. O mecânico de uma empresa terceirizada foi socorrido consciente e levado ao Hospital João XXIII, com trauma abdominal.

publicidade

A Polícia Federal prestou condolências aos colegas falecidos e decretou luto oficial de três dias. O presidente Luiz Inácia Lula da Silva (PT) também se manifestou em nota nas redes sociais.

publicidade
Imagem: Reprodução/Corpo de Bombeiros

Causa do acidente

Causas do acidente

  • A PF já iniciou as investigações para entender a causa do acidente e afirmou que vai enviar especialistas para auxiliar na apuração;
  • Segundo o g1, funcionários do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III), órgão regional do Centro de Investigação (CENIPA), foram acionados para o local do acidente;
  • A primeira etapa é coletar dados sobre o que aconteceu, verificar os danos e levantar informações adicionais necessárias para a investigação;
  • A CRR Aeroportos, que administra o terminal da Pampulha, afirmou em nota que os bombeiros estão cumprindo os protocolos de atendimento e que o acidente não prejudicou a área de pousos e decolagens. O aeroporto funciona normalmente.

Cessna 208b Caravan (Foto: Cessna/Reprodução)

Como era o monomotor

A aeronave que levava os policiais é um monomotor Cessna 208B, de 2001, com 11 lugares e capacidade para nove passageiros.

Em 2019 e 2020, houve registros de acidentes envolvendo o estouro de um de seus pneus. Também houve caso de queda envolvendo o Cessna em outubro de 2023 há menos de seis meses. Na ocasião, o monomotor ia de Rio Branco (AC) até Envira (AM) e deixou 12 mortos. Veja o momento da queda: