O CEO da Xiaomi, Lei Jun, divulgou nesta segunda-feira (25) em sua conta no Weibo a faixa de preço do SU7 (Speed Ultra 7), seu primeiro veículo elétrico. Conforme divulgado pela Reuters, o EV será o “carro mais bonito, mais fácil de dirigir e mais inteligente” com preço abaixo de 500 mil iuanes (aproximadamente US$ 70 mil ou R$ 350 mil). 

O que você precisa saber: 

  • Essa é a primeira vez que a empresa confirma o limite de sua faixa de preço; 
  • Comentário chega enquanto a Xiaomi se prepara para começar a receber pedidos, o que ocorre esta semana; 
  • Setenta e seis lojas em 29 cidades chinesas já começaram a exibir o carro nesta segunda-feira (25); 
  • O anúncio oficial do preço do SU7, no entanto, deve acontecer apenas na quinta-feira (28); 
  • A Xiaomi revelou o veículo em dezembro e disse que pretende se tornar uma das cinco maiores montadoras do mundo.   

Leia mais! 

O SU7 virá em duas versões — uma com autonomia de até 668 km com uma única carga e outra com autonomia de até 800 km. A fabricante garante que, com “super motor elétrico”, o EV tem aceleração superior aos carros da Tesla e Porsche — ele deve competir especificamente com o Porsche Taycan, IM L6 e Tesla Model S. O Modelo S da Tesla, por exemplo, tem um alcance de até 650 km. 

publicidade

O EV é a primeira tentativa da Xiaomi de entrar no maior mercado automotivo do mundo em meio a uma brutal guerra de preços. A estratégia, sinalizada pela primeira vez em 2021, vem também para contornar a atual estagnação da demanda por smartphones — mercado no qual a empresa está como a 5ª maior fabricante da China. 

A gigante chinesa prometeu investir US$ 10 bilhões em automóveis ao longo de uma década. Ela é uma das poucas companhias a obter a aprovação das autoridades para entrar no mercado de veículos elétricos da China, que relutam em aumentar o excesso de oferta.